As Telefones: resquícios do império na experiência dos sujeitos da diáspora

As Telefones: resquícios do império na experiência dos sujeitos da diáspora Corpos irreconhecíveis, à medida que o tempo passa, para ambas. Corpos que procuravam ressignificar no distanciamento uma nova forma de filiação, nas vagarosas lembranças das férias juntas, nas memórias fragmentadas dos monólogos maternais ao silêncio constrangedor que as duas foram capazes de sobreviver em linha.

A ler

23.06.2020 | por Liz Almeida