BIBLIOTERA no Anozero'21—22 Bienal de Coimbra MEIA-NOITE

BIBLIOTERA no Anozero'21—22 Bienal de Coimbra MEIA-NOITE Este projeto de curadoria coletiva é uma biblioteca em construção que, de Coimbra, segue para Malafo, na Guiné Bissau, onde será acolhida pela Abotcha - Mediateca. Os livros, em catalogação e desarrumação permanentes, são acompanhados por leituras, debates, performances, reflexões sobre escrita, oratura, autoria, produção de conhecimento, circulação, apropriação de saberes e, claro, sobre o próprio conceito de biblioteca e seus conflitos.

A ler

06.04.2022 | por Marta Lança, Marinho de Pina e Filipa César

Um mundo mais parecido com uma biblioteca

Um mundo mais parecido com uma biblioteca será que o leitor se referia ao seu aspecto físico ou à totalidade da sua percepção da realidade? Ao bairro onde Fidel vivia, ao seu quotidiano e indumentária, condição social, cor de pele, ou a outra condição limitadora? A Primavera não chegou para explicar a mim mesma por que razão as dores de Fidel, os seus medos, os amores de Fidel, os seus anseios, são dores, amores, anseios de segunda — anseios, medos, dores e amores com um grau inferior de generalidade ao da gente que costumamos encontrar dentro dos livros a que chamamos romances.

A ler

24.07.2020 | por Djaimilia Pereira de Almeida

Apelo biblioteca Ruy Duarte de Carvalho

Apelo biblioteca Ruy Duarte de Carvalho Apelo da filha do Ruy Duarte de CArvalho, para que sejam doados e transportados livros até à biblioteca com o nome do escritor, localizada no Namibe.

Ruy Duarte de Carvalho

10.06.2012 | por Eva Carvalho