FesThink de 11 a 12 de junho

A Festa do Pensamento, parte integrante do New European Bauhaus Festival, vai debater temas como crise climática, justiça social, democracia ou racismo, através da música, poesia, leitura dramática e oficinas, no Solar dos Zagallos, em Almada.

 

No fim de semana de 11 e 12 de junho, o Solar dos Zagallos, na Sobreda, vai receber concertos, debates, oficinas e leituras dramáticas, que vão envolver o público diretamente na ação. 

Trata-se de uma festa para celebrar uma das principais características da humanidade: a faculdade de pensar. A Festhink - festa do pensamento - propõe uma reflexão conjunta de filósofos, atores, músicos, arquitetos, jornalistas e também do público, de todas as idades, sobre temas que, sendo profundos, tocam-nos da forma mais banal no nosso dia a dia, como a crise climática, a justiça social, o racismo ou a democracia.

A FesThink procura trazer a arte do diálogo para o centro das relações sociais e contribuir ainda para a disseminação do pensamento crítico na sociedade, como ação política, mas também de fruição.

O Comissário do Plano Nacional das Artes, o docente, ensaísta e curador Paulo Pires do Vale; o Professor Catedrático do Departamento de Filosofia da Universidade Nova de Lisboa, João Constâncio; o arquiteto e escritor vencedor do Prémio Leya 2021, José Carlos Barros; a ativista interseccional e artista multidisciplinar Nuna; a filósofa do ambiente Sofia Guedes Vaz; o filósofo e músico Bartholomew Ryan; a atriz Rita Durão; o autor da banda sonora da série “Coisa Mais Linda”, o brasileiro João Erbetta e a Academia de Música de Almada são alguns dos vários nomes que vão protagonizar uma programação transdisciplinar, que junta o exercício de pensar ao de imaginar. Confira a lista de todos os participantes aqui.

A programação abre com a palestra/oficina A Arte de Florescer, que vai explorar as possibilidades de uma vida ecológica na filosofia e na arte como uma forma de coexistência, criativa e crítica. No Jardim do Solar dos Zagallos, os participantes serão convidados à prática de pequenos exercícios de observação do que está à volta. Os debates serão entrecortados por música, leitura perfomática e de poemas. Confira a programação completa aqui.

Os dois dias da Festa serão apenas o início de um projeto que pretende envolver a comunidade de Sobreda ao longo do ano, levando a uma nova Festa em 2023, revela a Diretora da FesThink, Mirna Queiroz: “A convocação para a reflexão não se furta ao sentido prático do conhecimento. O que define a FesThink é a ideia de “Refazer o mundo”. Com isso, coleccionamos e, de certa forma, contamos projetos que buscam uma ideia de reconstrução a partir da cidade, do bairro, da escola, de casa, obedecendo a uma lógica que privilegie as relações nas suas múltiplas dimensões. Como propõe a filosofia andina do “bem viver”, o FesThink expressa-se através de uma noção de memória e horizonte. Tradição e Vanguarda. Passado e futuro. Sem perder de vista a urgência do agora. No final deste ano de ocupação, novamente a Festa, para celebrar o feito e apontar um novo desafio.”

Festa é um dos capítulos de Festival internacional

A FesThink integra o New European Bauhaus Festival, uma iniciativa da União Europeia que reúne pessoas de todas as esferas da vida para debater e moldar um futuro mais sustentável.

Os principais temas do Festival são beleza, sustentabilidade e inclusão. Compartilha os mesmos objetivos da FesThink, de construir conexões entre diferentes atividades e indivíduos, entre os mundos da pesquisa, ciência e tecnologia, aos da educação e engajamento civil, da arte e da cultura.

O quê?
Festhink - Festa do pensamento
Todas as sessões são gratuitas (sujeito a lotação do espaço)

Onde?
Solar dos Zagallos, 
Largo António José Piano Júnior, Sobreda, Almada

Quando?
Dia 11 das 10h às 18:30
Dia 12 das 15h às 19:45.

Nota. Por cortesia, a equipe do Zagallos oferece uma visita guiada pelo Solar, imponente edifício construído no século XVII, no dia 12, das 11h às 12h. As inscrições podem ser feitas pelo seguinte email: solar@cma.m-almada.pt 

10.06.2022 | par Alícia Gaspar | Almada, concertos, crise climática, cultura, debates, democracia, festa do pensamento, FesThink, justiça social, leituras dramáticas, oficinas, pensar em conjunto, racismo

Oficinas de culinária do Espaço kamundongo‏

O que é o Espaço kamundongo?

Espaço de diálogo intercultural e partilha de saberes.

Lugar de acolhimento de diversos eventos culturais.

PROGRAMA DE NOVEMBRO

OFICINA DE CULINÁRIA ANGOLANA - MUAMBA DE JINGUBA

Objectivos

- envolver os participantes numa viagem histórica à culinária angolana

- explicar o que é a Muamba de Jinguba e mostrar quais são os produtos básicos e os processos utilizados na sua confeção

- combinar e cozinhar os ingredientes com sabedoria e criatividade

- saborear o “pitéu”

Ementa

- frango de muamba de jinguba

- couve de jinguba e quiabos

- funji ia nhombo e funji ia kindeli

Data / Horário – 12 Nov-sábado / 16 h-21h 30m

Local – Leceia - Barcarena

Preço – 25€

OFICINA DE CULINÁRIA INDIANA - REFEIÇÃO VEGETARIANA

Objectivos

- introduzir os participantes numa viagem sensorial aos aromas, sabores, cores e texturas das principais especiarias e plantas aromáticas usadas na preparação dos pratos indianos

- preparar os legumes, leguminosas, ervas e seus parceiros

- cozinhar com sabedoria, boa disposição e criatividade

- saborear o repasto

Ementa

- nan e apas (pães)

- pakoras e puris (entradas)

- grão com vegetais e garam masala, acompanhado de arroz basmati

- aletria doce com frutos secos e especiarias

- thai (chá com leite e especiarias)

Data / Horário – 19 Nov-sábado / 16 h- 21h 30m

Local - Leceia - Barcarena

Preço – 25€

NOTA:

Número máximo de participantes para as oficinas: 6

Inscrições até 3 dias antes da data prevista para: tlm 916 176 715; email espacokamundongo@gmail.com

Pagamento efectuado no dia da actividade

As datas/horários podem-se ajustar à disponibilidade dos participantes.

07.11.2011 | par joanapires | culinária, oficinas