Territórios de Diversidade e Convivência Cultural na área metropolitana de Lisboa, conferência no ISCTE, LISBOA

21 de Outubro _ auditório B103 (piso 1 Edif. II), ISCTE, Lisboa

PROGRAMA   
10:00 – 10:30 | RECEPÇÃO E APRESENTAÇÃO DO  PROJECTO CULTURAS DE CONVIVÊNCIA E  SUPER-DIVERSIDADE

10:30 - 12:30  | JOVENS, CONTEXTOS E ESTRATÉGIAS EDUCATIVAS FORMAIS E INFORMAIS 
Moderadora: Joana Azevedo, CIES-IUL
- Teresa Seabra, CIES-IUL
- Luisa Cruz, Programa Escolhas, Coordenadora da Zona de Lisboa
- António Guterres, Centro de Experimentação do Vale da Amoreira
- Joana Santos, CIES-IUL & ICS-UL

12:30 - 14:00 | ALMOÇO

14:00 - 15:30 | TERRITÓRIOS DE DIVERSIDADE:  A MOURARIA E O CACÉM
Moderadora: Clara Saraiva, IICT & CRIA-FCSH-UNL  
- Marluci Menezes, LNEC - Núcleo Ecologia Social   
- Jorge Malheiros, IGOT-UL
- João Pedro Nunes, CET-Dinâmia/IUL
- Manuela Mendes, CIES-IUL  

15:30 - 16:00 | COFFEE BREAK

16:00 - 17:30 | POLÍTICAS E AGENTES DE GESTÃO DA DIVERSIDADE CULTURAL
Moderador: Nuno Oliveira, CIES-IUL
- Pedro Costa, CET-Dinâmia/IUL
- Flora Silva, Associação Olho Vivo
- Miguel Abreu, Academia de Produtores Culturais
- Beatriz Padilla, CIES-IUL

PERFOMANCE JUVENIL

18:00-19:00 | CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO CULTURAS DE CONVIVÊNCIA NO BRASIL E NA ALEMANHA: CONTRIBUIÇÕES A UM DEBATE INEXISTENTE
- Sérgio Costa, Universidade Livre de Berlim

14.10.2011 | por franciscabagulho | diversidade cultural | 1 comentário

Comentários

Paulo Granjo, ne3o tenho nada contra a cnoefreancia mas ne3o me parece que a participae7e3o do PS algo de interessante para oferecer. Ne3o se trata de excluir uma parte da esquerda, mas de rejeitar a intromisse3o de um sector da direita. Je1 nem sequer pego no papel extremamente nocivo do PS em tudo o que foi a destruie7e3o dos direitos de Abril coisa em que nem o PCP nem o BE nem outros movimentos e organizae7f5es nada tiveram a ver com essa destruie7e3o. Ne3o se trata de apresentar uma fanica alternativa, mas de definir mto bem o campo em que nos queremos mover. Porque o PS nem sequer alternativa tem a propor. c9 que quem pensa que bater nos trabalhadores e no povo com um niquinho de nada de menos fore7a (e eu tenho mtas dfavidas que o PS fizesse mto diferente se estivesse no governo no lugar do PSD e9 ver o que o PASOK andou a fazer) e9 alternativa, ente3o estamos a aceitar a poledtica de austeridade. Pode-se discutir se a renegociae7e3o e9 melhor ou pior do que rejeie7e3o da dedvida. Outra coisa e9 achar que um niquinho menos de austeridade je1 era bom Que e9 o discurso e a postura do PS. Se o PS fosse de esquerda nunca teria alterado o cf3digo do trabalho no governo Sf3crates que o tornou ainda pior do que o anterior cf3digo de Bage3o Fe9lix nem se teria abstido na votae7e3o do actual Convidar o PS para discutir alternativas e9 convidar um dos carrascos poledticos a ir jantar le1 a casa Mas he1 quem prefira beber mto vinho antes do jantar a ver se a realidade muda e se a facada se torna mais suporte1vel

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.

O seu comentário será colocado na fila de moderação e publicado após aprovação.