Literaturas Afrikanas

O blog na rua 

Acompanhando a conferência “Desafios das línguas nacionais e da língua portuguesa nalguns países da CPLP”, o blog participará com uma banca de livros de autoria africana  escritos em línguas nacionais ou em versão bilingue com o português. Haverá também dicionários e gramáticas de várias língua nacionais africanas e, até, do Brasil.

Uma mesa especial será consagrada a obras das e dos ilustres palestrantes da conferência e do programa de acompanhamento. 

Vejam a programação do evento  aqui.  

A banca estará pronta para vos acolher a partir das 12.00 horas até às 20.00 horas , na sexta feira , dia 21 de maio, no “Bistrô Crioulo” do Centro Cultural de Cabo Verde , na Rua de São Bento, em Lisboa. 

A conferência começa às 17 horas e pode ser acompanhada online aqui. Para a participação presencial é necessária uma inscrição prévia.

 Apareçam nesta celebração da palavra africana (e não só)  e divulguem!!!!

20.05.2021 | par Alícia Gaspar | cabo verde, centro cultural de cabo verde, língua portuguesa, lisboa, literaturas afrikanas

CCCV - Centro Cultural de Cabo Verde - exposição "Territórios de Memória - A Área Metropolitana de Lisboa pelo Olhar de Africanos e Afrodescendentes"

Convite

O Projeto AFRO-PORT Afrodescendência em Portugal, a Embaixada de Cabo Verde em Portugal e o CCCV — Centro Cultural Cabo Verde têm a satisfação de convidá-lo(a) para visitar a exposição fotográfica e audiovisual “Territórios da Memória  -  A Área Metropolitana  de  Lisboa pelo Olhar de Africanos e Afrodescendenles”, que está patente até 27 de novembro, de segunda a sexta feira, das 10.00 horas às 16.00 horas, no espaço do CCCV, na Rua de São Bento 640, 1250-222 Lisboa.

Entrada livre

A exposição audiovisual exibe ao público o acervo de registos recolhidos no âmbito dos projetos de investigação AFRO-PORT — Afrodescendência em Portugal (Centro de Estudos sobre África e Desenvolvimento/ISEG) e Discursos memorialistas e a Construção da história (Centro de Estudos Comparatistas/FLUL), além das fotografias de Herberto Smith, da Festa de São Miguel Arcanjo, do bairro Casal da Mira. A partir do diálogo horizontal com os participantes, os projetos recolheram um conjunto de registos audiovisuais de pessoas africanas e afrodescendentes na área Metropolitana de Lisboa. Dessa recolha criou-se um acervo, que estará agora disponível ao público, como resultado de uma estreita parceria com o Centro Cultural Cabo Verde, na co-organização da mostra.

 

Por razões de segurança sanitária e no cumprimento das indicações da Direção Geral da Saúde, o número de visitantes em simultâneo no espaço pode estar sujeito a limitação. Agradecemos a compreensão de todos.

24.10.2020 | par martalanca | Africa, centro cultural de cabo verde, convite, territórios da memória