Ricardo Falcão

Desde há mais de uma década que constrói um corpo de trabalho etnográfico particularmente focado no Senegal e em outros países da África Ocidental, com um extenso trabalho de terreno. É doutorado em Estudos Africanos pelo ISCTE-IUL desde 2016, tendo trabalhado sobre a apropriação de tecnologias de informação e comunicação, sociabilidades e valores sociais. Nos últimos anos, tem-se interessado por direitos humanos, e esteve ligado a alguns projetos de investigação-ação na área da violência e desigualdade de género. É atualmente investigador contratado do CEI-IUL, para o projeto “Sexual and Reproductive Rights and gendered cultural resistances in West Africa: inequality, violence and illegitimacy”, apoiado pela FCT. Tem-se dedicado aos audiovisuais: realizou o documentário(investigação) Waalo Waalo (2009), e o YOON (2021).

Artigos do autor