in progress 3: Seminário Internacional sobre Ciências Sociais e Desenvolvimento em África - Call for papers

In Progress 3 é a terceira edição de um seminário especialmente dirigido a estudantes de mestrado e doutoramento na área dos estudos africanos. O objectivo principal é promover um espaço de reflexão e troca de experiências, proporcionando o encontro de estudantes de diferentes escolas, que têm os estudos sobre a África contemporânea e o seu desenvolvimento como tema de pesquisa. Outro objectivo prende-se com a identificação das áreas temáticas que, no presente, mais interesse suscitam aos investigadores, a fim de se poder reter a real dimensão do saber, nos vários domínios e matérias.

As submissões devem inscrever os seguintes painéis temáticos:

  • O TRABALHO DE CAMPO: QUESTÕES PRÁTICAS, TEÓRICAS E METODOLÓGICAS
  • POLÍTICA, DINÂMICAS DA SOCIEDADE CIVIL, DESENVOLVIMENTO
  • CULTURA, PENSAMENTO E MUDANÇA
  • ESTRATÉGIAS PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO
  • POPULAÇÕES, MOBILIDADES E BEM-ESTAR

Os interessados deverão enviar um resumo do trabalho a apresentar, até ao dia 20 de outubro de 2018. Os resumos deverão incluir um pequeno sumário (que não exceda as 500 palavras), três palavras-chave e uma pequena nota biográfica (com a afiliação institucional, grau/s académicos/s e publicações relevantes, se se verificar). O envio dos resumos deverá ser feito para o seguinte endereço electrónico: inprogressseminar2018@gmail.com .
Os autores serão notificados da aceitação de resumos até 30 de outubro de 2018.
Os textos aceites serão propostos para publicação nas Actas do seminário. Para serem considerados devem estar conformes com o Regulamento.

Em caso de dúvida, remeta-nos um email com a sua questão para inprogressseminar2018@gmail.com

Datas importantes:
Submissão: 20 de outubro 2018 
Notificação de aceitação: 30 outubro 2018 
Seminário: 15-16 novembro 2018 

zunga em Luanda, fotografia de Marta Lançazunga em Luanda, fotografia de Marta Lança

Comissão Científica:
Iolanda Évora CEsA/CSG, ISEG, ULisboa
João Estêvão CEsA/CSG, ISEG, ULisboa
Sónia Frias CEsA/CSG, ISEG, ULisboa/ISCSP, ULisboa
Alexandre Abreu CEsA/CSG, ISEG, ULisboa

Comissão Organizadora:
Iolanda Évora CEsA/CSG, ISEG, ULisboa
Sónia Frias CEsA/CSG, ISEG, ULisboa/ ISCSP, ULisboa

20.09.2018 | par martalanca | Estudos Africanos, seminário

Mestrado em Estudos Africanos no Porto

O Mestrado em Estudos Africanos na Faculdade de Letras da Universidade do Porto foi concebido de modo a responder à demanda formativa em quatro áreas: a) Ramo de Estudos Africanos Educação e Desenvolvimento; b) Ramo de Estudos Africanos História; c) Ramo de Estudos Africanos Geografia d) Ramo de Estudos Africanos Artísticos, Linguísticos e Culturais.

Estes três ramos, juntamente com a componente letiva comum que os alicerça, envolvem os objetivos gerais: 1) Proporcionar uma formação posgraduada relativa à prismática e complexa diversidade africana, segundo um ponto de vista multidisciplinar; 2) Propiciar ferramentas conceptuais para que os alunos enfrentem desafios numa esfera de atividades amplas englobadoras de instituições transcontinentais de cooperação; em ONG’S; em em actividades culturais, sociais, mediáticas e económicas; 3) Incentivar um regime proativo na investigação concernente à amplitude das temáticas africanas. No CEAUP pode ver as atividades realizadas, bem como os objetivos.

09.09.2013 | par martalanca | Estudos Africanos

Mestrado Estudos Africanos, candidaturas até 3 de Abril, ISCTE, LISBOA

Mestrado em Estudos Africanos, ISCTE - 2ª fase candidaturas até 3 de Abril 2013 - Inicio das aulas 15 Abril 2013

20.03.2013 | par franciscabagulho | Estudos Africanos

Inscrições Mestrado Estudos Africanos até 10 Março, ISCTE, LISBOA

21.02.2013 | par franciscabagulho | Estudos Africanos

Spirit of Place _ call for papers

ECAS Conference in Lisbon 27-29 June 2013.

Conveners: Ramon Sarró (University of Oxford) and Filip De Boeck (Katholieke Universiteit Leuven)
This panel invites scholars to discuss the socio-cultural logics of place making in Africa today. While the world we live in is often described as a “runaway” one, and Africa in particular is too often seen as a mere “waiting room” of an airport that everybody hopes to leave one day, the truth is that vindication of places, fights over putative ancestral lands, rise of heritagescapes, discourses about roots, conflicts over interpretations of historical sites, etc are today part and parcel of the poetics and politics of living in (or returning to) the continent. How people construct a sense of place (sometimes out of ruins, sometimes in urban slums, sometimes in the middle of the mangroves, sometimes in millenarian enclaves inside the rainforest) and what kinship, religious, ethnic or political logics are invoked to attain this construction is what we hope to analyze comparatively, with the aim of getting a better sense of the overlapping places and meanings Africa is made of today, and of the kind of places Africans want to build for the generations to come.
Please visit the website to propose a paper: http://www.nomadit.co.uk/ecas/ecas2013/panels.php5?PanelID=2155

27.12.2012 | par franciscabagulho | call for papers, Estudos Africanos

CONFERÊNCIA: Inviabilidade dos Estados Sahelianos - FERRAN INIESTA | ISCTE-IUL

6 Junho (4ª feira) 18h, Sala C2.02 (Edificio II)
Entrada Livre


04.06.2012 | par martacacador | conferências, Estudos Africanos, ISCTE

ConferênciaS de Estudos Africanos: Clientelismo e Corrupção em África

5 Junho 18h | Sala C202 - Edifício II - ISCTE-IUL

 

31.05.2012 | par martacacador | conferências, Estudos Africanos, ISCTE

Clientelismo e Corrupção em África, conferência de Ferran Iniesta, ISCTE, LISBOA

Conferências de Estudos Africanos _ As Sociedades Africanas face a Dinâmicas Globais.

Clientelismo e Corrupção em África, conferência de Ferran Iniesta (Universidade de Barcelona).

5 Junho 2012 às 18:00 Sala C202, Edif II ISCTE.

ler entrevista Ferran Iniesta no Buala

29.05.2012 | par franciscabagulho | Estudos Africanos, Ferran Iniesta

António Santamaria no ISCTE-IUL: CONFERÊNCIAS DE ESTUDOS AFRICANOS

17 Maio 17:30h
Sala C302 Edifício II - ISCTE-IUL

15.05.2012 | par martacacador | António Santamaria, Estudos Africanos, ISCTE

AfrikPlay | Filmes à Conversa‏

AfrikPlay | Filmes à Conversa é um novo projecto que apresenta filmes sobre África contemporânea, organizado pelo CRIA (Centro em Rede de Investigação em Antropologia) | ISCTE-IUL, e pelo Centro de Estudos Africanos (CEA-IUL) | ISCTE-IUL. É um projecto em construção, e deseja trazer o cinema ao espaço universitário, criando um lugar de debate e reflexão em torno de filmes que apresentem um olhar renovado sobre África.

web
facebook

26.04.2012 | par herminiobovino | Africa, antropologia visual, cinema, Estudos Africanos

Seminário de Estudos Africanos

A comunicação do risco ambiental em África. O caso “Bypass-Mozal” de Moçambique.
Luca Bussotti CEA-IUL

Esta comunicação pretende analisar as dinâmicas sociais resultantes do caso “Bypass-Mozal”. Durante 133 dias, a Mozal trabalhou sem filtros, aumentando o nível depoluição atmosférica nas áreas nos arredores das suas instalações. A partir dessa “crise”, e com base nas teorias da “Social Amplification of Risk”, a comunicação pretende demonstrar como se chegou a uma crise “sistémica” (usando uma expressão de Habermas), cuja base assenta na falta de confiança entre os actores sociais envolvidos no processo: empresas, políticos, associações, população e media.

18 Abril | 
18:00 | Auditório B203, Edifício II
Centro de Estudos Africanos - ISCTE/IUL
Av. das Forças Armadas
Edifício ISCTE, Sala 2N17
1649-026 Lisboa – Portugal
Tel. | +351 217 903 067
Fax | +351 217 955 361
web
facebook

15.04.2012 | par herminiobovino | Estudos Africanos, seminário

Conferência: As Sociedades Africanas Face a Dinâmicas Globais _ Migrações, ISCTE, LISBOA

Conferências de Estudos Africanos, 9 de Fevereiro às 16h Auditório C205 _ Edif II, ISCTE-IUL

03.02.2012 | par franciscabagulho | Estudos Africanos, ISCTE, migrações

Mestrado em Estudos Africanos

ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa

Candidaturas até 20 de Janeiro de 2012

INFORMAÇÕES:

Director do Curso: Ulli Schiefer (schiefer@iscte.pt)

Secretariado do Curso: Inês Santos (ines_filipa_santos@iscte.pt)

Início das aulas: 6 de Fevereiro de 2012

Mestrado em Estudos Africanos é um curso inscrito no quadro dos programas de 2º ciclo estipulado pelo Processo de Bolonha e que visa o estudo interdisciplinar do desenvolvimento social, económico e político na África contemporânea. Dirigindo-se a interessados nacionais e estrangeiros, africanos e não-africanos, oferece tanto a possibilidade de uma especialização científica quanto a de uma preparação para o desenvolvimento de funções profissionais.

O mestrado tem a duração de dois anos (quatro semestres) e está organizado em dois Ramos de Especialização: Estado, política e relações internacionais. Gestão do desenvolvimento social e económico. Os dois primeiros semestres consistem em dez unidades curriculares (cinco por semestre). Incluem um tronco comum de unidades curriculares e unidades curriculares especificas a cada Ramo de Especialização. Os terceiro e quarto semestres são dedicados à elaboração da dissertação ou do trabalho de projecto.

Este ciclo de estudos destina-se a licenciados em ciências sociais, em economia e em ciências da gestão e também a licenciados noutras áreas científicas interessados em aprofundar conhecimentos científicos e desenvolver capacidades profissionais no domínio cientifico dos Estudos Africanos

Todas as Informações aqui

11.01.2012 | par martalanca | Estudos Africanos

Candidaturas Mestrado em Estudos Africanos no ISCTE, LISBOA

Mestrado em Estudos Africanos é um curso inscrito no quadro dos programas de 2º ciclo estipulado pelo Processo de Bolonha e que visa o estudo interdisciplinar do desenvolvimento social, económico e político na África contemporânea. Dirigindo-se a interessados nacionais e estrangeiros, africanos e não-africanos, oferece tanto a possibilidade de uma especialização científica quanto a de uma preparação para o desenvolvimento de funções profissionais. O mestrado tem a duração de dois anos (quatro semestres) e está organizado em dois Ramos de Especialização: Estado, política e relações internacionais. Gestão do desenvolvimento social e económico. Os dois primeiros semestres consistem em dez unidades curriculares (cinco por semestre). Incluem um tronco comum de unidades curriculares e unidades curriculares especificas a cada Ramo de Especialização. Os terceiro e quarto semestres são dedicados à elaboração da dissertação ou do trabalho de projecto. Este ciclo de estudos destina-se a licenciados em ciências sociais, em economia e em ciências da gestão e também a licenciados noutras áreas científicas interessados em aprofundar conhecimentos científicos e desenvolver capacidades profissionais no domínio cientifico dos Estudos Africanos.

ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa

Candidaturas aceites até 16 de Janeiro de 2012. Inicio das Aulas: 6 de Fevereiro de 2012

Todas as Informações aqui

05.12.2011 | par franciscabagulho | Estudos Africanos, ISCTE

Ciclo de conferências Estudos Africanos - OS ARQUIVOS NACIONAIS E A ESCRITA LUSÓFONA

31.10.2011 | par joanapires | conferências, Estudos Africanos

Rethinking Africa’s Transcontinental Continuities in Pre- and Protohistory

The African Studies Centre is organizing a conference in Leiden, The Netherlands, on 12 and 13 April 2012 to mark the retirement of Prof. Wim van Binsbergen after 35 years as a senior researcher at the ASC. We would like to invite those of you who are interested in presenting a paper to submit an abstract and title by 15 September 2011. These should be sent to Marieke van Winden: winden@ascleiden.nl.

 

this conference is open to Africanists, archaeologists, linguists, geneticists, comparative mythologists, comparative anthropologists / ethnologists, palaeoanthropologists, historians, classicists, Egyptologists, Assyriologists, Mediterraneanists, Afrocentrists, and to any scholars who propose to make an original and path-breaking contribution to the topic

 

Kind regards,Marieke van Winden 
African Studies Centre  P.O. Box 9555  2300 RB Leiden  The Netherlands 

19.08.2011 | par martalanca | Estudos Africanos

CIEA8 _ Resistências e transformações entre o local e o global

Temos o gosto de anunciar que o 8º Congresso Ibérico de Estudos Africanos (CIEA8) acaba de abrir o periodo de recepção de propostas. Intitulado: Sob a árvore da palavra: resistências e transformações entre o local e o global, a conferência terá lugar em Madrid de 14 a 16 de Junho 2012. 

O CIEA8, organizado pelo Grupo de Estudos Afrianos da Universidad Autónoma de Madrid, pretende ser uma nova oportunidade para criar pontes de encontro e dialogo entre as diferentes correntes dos cada vez mais ricos e diversos estudos africanos. Por isso, gostaríamos de convidar a investigadores/as europeus, africanos e de outros lugares do mundo a apresentar painéis que nos ajudem a aprofundar a compreensão da complexa e múltipla realidade africana, da natureza de suas tranformações e resistências, dos ricos processos de interconexões locais, nacionais, regionais e globais, assim como dos muitos variados relatos do passado e visões do futuro gerados por suas sociedades. 

A apresentação de propostas de painéis estará aberta de 1 de Junho a 15 de Setembro de 2011 e pode ser feita através da aplicação disponível na web do congresso: www.ciea8.org/call-for-panels

Os panéis poderão ser tanto temáticos como por áreas geográficas e terão uma duração de uma ou duas sessões, cada uma das quais incluirá 4 ou 5 comunicações, com uma duração de duas horas.

+ infos

11.07.2011 | par franciscabagulho | Estudos Africanos

Angola depois do fim da Guerra Civil: Olhares sobre um país em transformação, LISBOA

Conferência Internacional 

ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, 8 Julho _ Sala 229

9h: Introdução, a seguir comunicação por Franz-Wilhelm Heimer (ISCTE – IUL, Lisboa) “Estruturas e identidades sociais em Angola: as recomposições em curso”

10h: João Milando (Universidade Katyavala Bwila, Benguela) “Violência prolongada e resiliência social: estudos de caso de sociedades rurais de Angola”

11h30: Fernando Florêncio (Universidade de Coimbra) “Persistência e capacidade de adaptação das Autoridades Tradicionais na Angola pós-colonial”

14h30 Margarida Ventura (Universidade Privada de Angola, Lubango) “Impactos psíquicos das guerras anti-colonial e civil em Angola: o caso da Província da Huíla”

16h: Jean-Michel Mabeko Tali (Howard University, Washington) “Os vencidos da Guerra Civil: trajectórias de dirigentes, militantes e apoiantes da UNITA e da FNLA depois do fim da Guerra Civil”

17h30: Manuel Alves da Rocha (Universidade Católica de Angola, Luanda) “Assimetrias do desenvolvimento regional em Angola”

19h30: Encerramento 

30.06.2011 | par franciscabagulho | angola, CEA, Estudos Africanos

Seminário de Estudos Africanos com Kerstin Pinther

21 de Junho, 3ª feira, às 18:00, na sala C401 no Edifício II do ISCTE-IUL,

Seminário de Estudos Africanos, intitulado In Afropolis. On the making of an exhibition on art and urban practices, apresentado pelo Professor Doutor Kerstin Pinther.

Kerstin Pinther is Assistant Professor for the Arts of Africa at the Institute of Art History at Free University Berlin. Her research focus lies on modern and contemporary art and visual culture in West Africa, Egypt and the Diaspora as well as on architecture and urbanism in Africa. Among others she is currently involved in a collaborative research project on new art spaces in African Cities. She has taught at the universities of Bayreuth, Munich, Frankfurt and Berlin.

18.06.2011 | par martalanca | Estudos Africanos, Kerstin Pinther

Celebrating Africa Day 2011: Free Access to Article Collection

The Taylor & Francis group is proud to publish leading African and African Studies journals and is committed to disseminating and showcasing African research in the global online environment in a variety of subject areas, from the arts to zoology, economics to the environment, mathematics to music.To show our support for Africa Day we have collated a selection of top articles which engage with Africa on a number of key themes, shown below, and have made them free to access online from the 23rd May - 30th June.More information and clickable lists: http://www.tandf.co.uk/journals/articlecollections/AfricaDay2011/ 

26.05.2011 | par franciscabagulho | Estudos Africanos