Festival do Conhecimento UFRJ - Futuros Possíveis

Bate papo com Michelle Sales, Elisa de Magalhães, Marta Lança e Mariah Rafaela Silva que tem como interesse refletir sobre a descolonização como agenda política no campo da arte. Iremos debater o tema a partir do questionamento da função social do museu como imaginário do aparato colonial e seus desdobramentos no campo simbólico e de formação de memórias coletivas e individuais. Além disso, abordaremos a questão das coleções e dos arquivos nas instituições de arte, pensando os modos de circulação, legitimação e preservação das obras, bem como a problemática em torno das restituições. Ademais, no caso do Brasil, discutiremos as curadorias, editais, espaços de visibilidade e circulação para a arte contemporânea, abordando as relações étnico-raciais e de gênero e de sexualidade.

dia 12 de julho 11h30 - 13h30 

+ infos 

08.07.2021 | by martalanca | campo da arte, descolonizar, Festival do Conhecimento

Demythologize That History and Put it to Rest

Performances:
26 de Maio, 2018 às 16h
Kiluanji Kia Henda (Angola)
Lavoisier (Portugal) 
LOCAL: Palácio da Ajuda, Lisboa na Estátua D. Carlos I
2 de Junho, 2018 às 16h
Ângela Ferreira (Moçambique/Portugal) 
Marcio Carvalho (Portugal/Alemanha) 
LOCAL: Palácio da Ajuda, Lisboa na Estátua D. Carlos I
Conversa:
3 de Junho, 2018 às 18h
com Marcio Carvalho e Elsa Peralta
LOCAL: Hangar Centro de Investigação Artística, Lisboa

O projecto ‘Demythologize That History and Put It to Rest’ desafia as memórias criadas por estátuas, monumentos, memoriais, nomes de ruas e outros sistemas mnemónicos eurocéntricos implementados nas cidades de Lisboa e Berlim.
A inexistência de uma contextualização histórica e contemporânea destes objectos faz com que os mesmos comemorem uma história colonial portuguesa e alemã romântica – à custa da repressão de diversas perspectivas e histórias de comunidades africanas e seus sistemas epistemológicos. Com a produção e apresentação de intervenções artísticas nos espaços públicos em Lisboa e Berlim o projecto propõe desmitologizar as narrativas em torno destes objectos, que formam o pensamento, experiência e imaginação actuais, e suas influências no recordar e esquecer público.
Inspirado pela afirmação de Edouard Glissant de que a história e sua formação não devem ser deixadas apenas para os historiadores, o artista Marcio Carvalho convidou artistas de Angola, Camarões, Gabão, Iraque, Moçambique e Portugal para apresentarem performances e discussões públicas para contra-monumentalizar estes objectos cristalizados, para desmitologizar suas narrativas hegemónicas ocidentais e projectar outras memórias e narrativas nos mesmos.
Os artistas irão dar especial foco a dois monumentos de duas personalidades históricas que exerceram enorme influência na colonização e partilha do continente Africano durante a Conferência de Berlim (1884/85): Otto von Bismarck (Tiergarten, Berlim) e Rei Carlos I (Palácio da Ajuda, Lisboa).

Demythologize That History and Put It to Rest é um projeto do artista Marcio Carvalho em colaboração com o Hangar - Centro de Investigação Artística, com o SAVVY Contemporary e seu projeto de arquivo ‘Colonial Neighbours’ e o Gabinete de Estudos Olisiponenses. 

Keep reading "Demythologize That History and Put it to Rest"

25.05.2018 | by martalanca | descolonizar, monumentos, políticas de memória