“O Meu Bairro é Lisboa”. Está aberto o concurso de ideias para curtas-metragens documentais sobre bairros de Lisboa

Esta iniciativa surge no âmbito da celebração do 10.º aniversário BIP/ZIP.

O Meu Bairro é Lisboa é um concurso de ideias para curtas-metragens documentais sobre bairros de Lisboa, com candidaturas abertas até 5 de Abril. Promovido pelo Projeto Educativo da Apordoc – Associação pelo Documentário e a Estratégia de Desenvolvimento Local BIP/ZIP, o concurso está aberto a grupos de 3 a 5 membros, sem limite de idade

Nos bairros do município de Lisboa, existem muitos aspetos que podem ser filmados com uma câmara de telemóvel: espaços de convívio, curiosidades do passado, os habitantes, as fronteiras e os pequenos pormenores. Na partilha de perspetivas sobre diferentes zonas e bairros, todas as ideias são válidas. 

Dos membros do grupo, pelo menos um deve ser morador do bairro que pretende documentar. A diversidade (geracional, de género, entre outras) dentro dos grupos será um fator de valorização no processo de seleção. 
No final do processo de seleção, a 16 de Abril, o painel divulgará os 10 grupos vencedores. Os selecionados participarão em oficinas para a realização das curtas metragens, com uma formadora especializada em cinema do Projeto Educativo Apordoc. 

Em Julho, no Cinema São Jorge, todas as curtas-metragens serão exibidas numa sessão aberta ao público. O formulário de inscrição e todas as informações estão disponíveis no site do Doclisboa. 

20.03.2021 | by Alícia Gaspar | bairros da cidade, cinema são jorge, concurso, curtas-metragens, DocLisboa, lisboa, Portugal

Nada Fazi no FESTin

Dom 13 Maio | 11h30 | Sala 3 | Cinema São Jorge

Nada Fazi será apresentado no Festival FESTin - Festival Itinerante de Cinema da Língua Portuguesa, no próximo Domingo, dia 13 de Maio, às 11:30, no Cinema São Jorge, em Lisboa, na categoria “Inclusão Social pelo Cinema”.

Recorde-se que a curta-metragem de Filipa Reis e João Miller Guerra venceu o prémio de Melhor Filme Português no Fantasporto e esteve presente em Kiev no Festival Molodist. O filme foi realizado no âmbito do projecto de sensibilização artística e formação em cinema KÊ LI KÊ LÁ, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundaç\ao EDP.

Sinopse: Três investigadores iniciam a tese “ 10 Anos de Reinserção Social no Bairro Casal da Boba”. A câmara de filmar usada na pesquisa é roubada e ao deambular de mão em mão regista um crime.Nada Fazi É inevitável em crioulo) é um olhar partilhado de fragmentos do dia-a-dia de um bairro. Uma visão externa que se transforma numa viagem íntima pelas vivências de um grupo de jovens.

11.05.2012 | by joanapereira | cinema, curtas-metragens, festival, filme

Edição 2011 do CEL.U.CINE foi aberta!

A abertura da 4ª edição do CEL.U.CINE – Festival de Micrometragens reuniu no dia 27 de Junho no Oi Futuro Flamengo, no Rio de Janeiro, nomes de destaque no cenário audiovisual. Compareceram ao evento os diretores Beto Brant, Joel Pizzini e Luiz Carlos Lacerda (Bigode), além dos atores Lázaro Ramos, José Wilker, Flávio Bauraqui e André Ramiro, entre outros. O festival acontece em duas etapas. O tema da primeira fase – ditado popular – foi anunciado na cerimônia de abertura por Marco Altberg, diretor do CEL.U. CINE. O evento também contou com a presença de Wellington Silva, diretor de Marketing e Conteúdo do Oi Futuro, e Maria Arlete Gonçalves, diretora de Cultura do Oi Futuro. “Para nós, que acreditamos em uma idéia na cabeça e um celular na mão, ou qualquer outro suporte digital, é muito satisfatório e importante fazer parte deste projeto”, disse Wellington. Maria Arlete ressaltou a relevância das novas mídias no setor audiovisual. “Estamos investindo muito nos novos formatos e nas novas idéias de fazer cinema”, afirmou a diretora. Conhecido pelo pioneirismo no incentivo à criação e difusão de conteúdo audiovisual em novas mídias, o festival é realizado pela Associação Revista do Cinema Brasileiro, em parceria com o Oi Futuro.

“Desde 2008, o CEL.U.CINE vem revelando talentos de todo o Brasil. Apostamos na convergência de mídias em prol da educação”, disse Marco Altberg na cerimônia de lançamento. Durante o evento, os convidados assistiram aos seis micrometrangens da Mostra Especial não-competitiva.

Keep reading "Edição 2011 do CEL.U.CINE foi aberta! "

11.07.2011 | by martalanca | curtas-metragens

Fórum de Cinema KUGOMA exibe curtas-metragens em Maputo

O Fórum de Cinema KUGOMA acontecerá de 10 a 14 de novembro em Maputo - Moçambique e pretende levar a arte do cinema, documentários e curta metragem para toda a população.ver programa completo de KUGOMA

11.11.2010 | by martalanca | animação, curtas-metragens