AMÍLCAR CABRAL (1924-1973) – Vida e Morte de um Revolucionário Africano

Amílcar Cabral é um dos políticos africanos com maior renome internacional. Pertence à primeira geração de nacionalistas e, como tal, o seu nome ombreia com o de outros nacionalistas que, de uma forma ou de outra, ganharam notoriedade. Para além de político e dinamizador de massas, prerrogativas expectáveis em tais líderes políticos, Cabral posicionou-se ainda, e nessa qualidade tem sido lembrado, como um dos grandes intelectuais da África Subsariana. Estes e muitos outros aspectos relacionados com a história de vida, com o pensamento e com a acção política de Amílcar Cabral são exaustivamente tratados por Julião Soares Sousa ao longo desta obra. Para além dos conhecimentos que são apresentados ao leitor com a devida profundidade teórica e analítica, reputo ainda de particular importância o cuidado dispensado aos aspectos metodológicos. Trata-se de uma obra que (…) contribui decididamente para o aprofundamento do conhecimento sobre o nacionalismo africano nos espaços de colonização portuguesa e, numa acepção mais alargada, para o desenvolvimento dos Estudos Africanos em Portugal. (in Prefácio de José Carlos Venâncio) A obra inclui um extratexto de 16 págs. a p/b com imagens e gravuras inéditas em livro.

Julião Soares Sousa é natural de Bula (República da Guiné-Bissau). Licenciou-se em História pela Universidade de Coimbra, em 1990. É o primeiro guineense a concluir o Mestrado (1997) e o Doutoramento (2008), nesta Universidade. Tem proferido várias conferências em Portugal e no estrangeiro. Entre os livros, artigos e colaborações em obras colectivas destacam-se: “Os movimentos unitários anticolonialistas (1954-1960). O contributo de Amílcar Cabral”, “Amílcar Cabral: do envolvimento na luta antifascista às manifestações de tendência autonomista no Portugal do pós-Guerra (1945-1957)” e “O fenómeno tribal, o tribalismo e a construção da identidade nacional no discurso de Amílcar Cabral”. Actualmente é Investigador no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS20).

04.06.2011 | by martalanca | Amílcar Cabral

Viva Amilcar Cabral por LA MC MALCRIADO

dica de António Tomás

01.03.2011 | by martalanca | Amílcar Cabral

Homenagem a Amílcar Lopes Cabral e Heróis da luta pela libertação da Guiné-Bissau e Cabo-verde

A Associação de Estudantes da Guiné-Bissau em Lisboa e o Núcleo de Estudantes Africanos da Faculdade de Direito, no dia 20 de Janeiro de 2011 vai realizar uma Cerimónia em Homenagem a Amílcar Lopes Cabral e Heróis da luta pela libertação da Guiné-Bissau e Cabo Verde.
Programa do Evento
Faculdade de Direito de Lisboa Sala de Audiências, Hora: das 16:30h às 19:30
Tema: “Homenagem dos Heróis Nacionais da Guiné-Bissau e Cabo-Verde e a Influência do Pensamento de Amílcar Cabral nos dois Países”
16:30 Abertura solene da Conferência
Conferencistas
Eng. Domingos Simões Pereira
Secretário Executivo da C.P.L.P
Dr. José Luís Hopffer de Almada
Jurista e Analista político
Prof. Doutor Julião Sousa
Professor de História e investigador na Universidade de Coimbra
Dr. Rony Roreira
Sociólogo
Prof. Doutor António Duarte da Silva
Professor Universitário e autor dos livros: Independência da RGB, Invenção e Construção da RGB
Moderador
António Lopes Soares “Tony Tcheka”
Jornalista e Poeta
18:00h Espaço de Debate
18:30h Encerramento
pelo Excelentíssimo Senhor Embaixador da Guiné-Bissau em Portugal, Dr. Fali Embaló

15.01.2011 | by martalanca | Amílcar Cabral, cabo verde, Guiné Bissau

Interview du leader du PAIGC, Amílcar Cabral

Interview du leader du PAIGC, parti africain de l’infépendance de Guinée et du Cap Vert, le capverdien Amilcar Cabral, en exil en Guinée Conakry, marxiste proche de Sékou Touré et Kwame N’Krumah (il est mort assassiné en 1973 par la police politique portugaise à Conakry) -

[video:]

16.11.2010 | by martalanca | Amílcar Cabral