Poesia Épica. História Única. Dissonância.

Poesia Épica. História Única. Dissonância. Acredito que Portugal precisa de aprender a contar bem melhor as suas tantas histórias, e que essa é necessariamente uma injunção do presente. Um museu dedicado a uma “história única” contada na língua do eufemismo boicota esse esforço, que já vai atrasado. O que nos vale é que seja um atraso necessariamente recuperável: é sempre possível ser mais livre.

A ler

01.06.2018 | por Pedro Schacht Pereira