in progress 3: Seminário Internacional sobre Ciências Sociais e Desenvolvimento em África - Call for papers

In Progress 3 é a terceira edição de um seminário especialmente dirigido a estudantes de mestrado e doutoramento na área dos estudos africanos. O objectivo principal é promover um espaço de reflexão e troca de experiências, proporcionando o encontro de estudantes de diferentes escolas, que têm os estudos sobre a África contemporânea e o seu desenvolvimento como tema de pesquisa. Outro objectivo prende-se com a identificação das áreas temáticas que, no presente, mais interesse suscitam aos investigadores, a fim de se poder reter a real dimensão do saber, nos vários domínios e matérias.

As submissões devem inscrever os seguintes painéis temáticos:

  • O TRABALHO DE CAMPO: QUESTÕES PRÁTICAS, TEÓRICAS E METODOLÓGICAS
  • POLÍTICA, DINÂMICAS DA SOCIEDADE CIVIL, DESENVOLVIMENTO
  • CULTURA, PENSAMENTO E MUDANÇA
  • ESTRATÉGIAS PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO
  • POPULAÇÕES, MOBILIDADES E BEM-ESTAR

Os interessados deverão enviar um resumo do trabalho a apresentar, até ao dia 20 de outubro de 2018. Os resumos deverão incluir um pequeno sumário (que não exceda as 500 palavras), três palavras-chave e uma pequena nota biográfica (com a afiliação institucional, grau/s académicos/s e publicações relevantes, se se verificar). O envio dos resumos deverá ser feito para o seguinte endereço electrónico: inprogressseminar2018@gmail.com .
Os autores serão notificados da aceitação de resumos até 30 de outubro de 2018.
Os textos aceites serão propostos para publicação nas Actas do seminário. Para serem considerados devem estar conformes com o Regulamento.

Em caso de dúvida, remeta-nos um email com a sua questão para inprogressseminar2018@gmail.com

Datas importantes:
Submissão: 20 de outubro 2018 
Notificação de aceitação: 30 outubro 2018 
Seminário: 15-16 novembro 2018 

zunga em Luanda, fotografia de Marta Lançazunga em Luanda, fotografia de Marta Lança

Comissão Científica:
Iolanda Évora CEsA/CSG, ISEG, ULisboa
João Estêvão CEsA/CSG, ISEG, ULisboa
Sónia Frias CEsA/CSG, ISEG, ULisboa/ISCSP, ULisboa
Alexandre Abreu CEsA/CSG, ISEG, ULisboa

Comissão Organizadora:
Iolanda Évora CEsA/CSG, ISEG, ULisboa
Sónia Frias CEsA/CSG, ISEG, ULisboa/ ISCSP, ULisboa

20.09.2018 | por martalanca | Estudos Africanos, seminário

“DESCOBRIMENTOS”: POLÍTICAS, MEMÓRIA E HISTORIOGRAFIA

21 de junho | FCSH | Edifício ID | Sala 0.06

Entre finais do século XX e inícios do século XXI, tiveram lugar em Portugal diversas iniciativas de comemoração dos “descobrimentos portugueses”, assinalando-se, nomeadamente, o quinto centenário da descoberta do caminho marítimo de Portugal para a Índia (1498) e a chegada ao Brasil de uma frota liderada por Pedro Álvares de Cabral (1500). As iniciativas foram em boa parte patrocinadas pelo Estado português, que criou a Comissão Nacional para a Comemoração dos Descobrimentos Portugueses (1986-2002) e se empenhou na organização de grandes eventos internacionais como a Expo’98. Organizado pela revista Práticas da História – a Journal on Theory, Historiography and Uses of the Past, este seminário procura criar um espaço de reflexão em torno desse ciclo comemorativo, para o efeito convocando o testemunho de um dos seus protagonistas, o historiador e comissário da CNCDP (1995-1998) António Hespanha. Ao mesmo tempo, o seminário pretende abrir uma janela de onde é possível igualmente analisar, a partir de quatro estudos de caso, outros tantos contextos de tematização dos “descobrimentos”, da historiografia marítima portuguesa de final do século XIX às políticas museológicas da Lisboa de hoje, passando pelas relações luso-britânicas ao tempo das comemorações henriquinas ou a programação televisiva no Portugal dos anos de 1980.    

10h45 | Abertura do seminário, por Elisa Lopes da Silva e José Ferreira (Práticas da História, ICS-UL)

11h | Jaime RodriguesVicente de Almeida d’Eça e a historiografia marítima em 1898. Comentário de Amélia Polónia.

12h | Stefan Halikowski-Smith e Benjamin JenningsPrince Henry the Navigator and Portuguese maritime enterprise at the British Museum: an exhibition to celebrate the quincentenary of the Infante’s death. Comentário de Pedro Aires de Oliveira.

13h | pausa para almoço

14h30 | Marcos Cardão“A Grande Aventura”. Televisão, nacionalismo e as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. Comentário de Tiago Baptista

15h30 | José Neves, Capitalizar a globalização: uma exposição recente em torno da Lisboa Renascentista. Comentário de Nuno Senos.

16h30 | pausa para café

17h | António HespanhaComemorar como política pública. A Comemoração dos Descobrimentos Portugueses, ciclo 1997-2000. Comentário de Robert Rowland.

Organização: Práticas da História | CHAM | IHC

Coordenação: Elisa Lopes da Silva, José Ferreira, José Neves e Pedro Martins.

www.praticasdahistoria.pt

12.06.2018 | por martalanca | colóquio, descobrimentos, história, memória, seminário

Seminário “Os moçambicanos perante o Cinema e o Audiovisual” I Maputo

O projecto Museu do Cinema em Moçambique, uma iniciativa da Associação Amigos do Museu do Cinema em parceria com o INAC e uma série de outras instituições, apresentou-se pela primeira vez, em exposição e mesas redondas em 2016, e tem vindo a desenvolver actividades de pesquisa com vista a um plano de trabalho plurianual a médio prazo.  

Em 2017, desenvolvidos alguns contactos iniciais com instituições académicas e, reforçadas as parcerias do ano passado, vamos realizar o Seminário “Os moçambicanos perante o Cinema e o Audiovisual”, de 26 a 29 de Setembro, em Maputo, e a Exposição Museu do Cinema 2017, com inauguração a 20 do mesmo mês, ambos no Centro Cultural Franco-moçambicano.

Para além de inúmeros parceiros de produção locais sem os quais não seira possível realizá-las, estas acções contam com o apoio financeiro da Cooperação da Flandres, que nos permite convidar o historiador belga Guido Convents - autor do livro que dá título ao seminário - para uma série de 3 aulas sobre os períodos de 1896 a 2010.

Este seminário é desenvolvido para um público de estudantes e docentes universitários, em colaboração com a UEM, a UP e o ISArC, e vai igualmente apresentar comunicações, artigos e projectos de investigação - cujo prazo de envio é 1 de Agosto – contando com uma Comissão Científica convidada, formada pelos Prof.ª Dra. Alda Costa (DC/UEM); Prof. Dr. Eduardo Lichuge (ECA/UEM); Prof.ª Dra. Ute Fendler (Universidade de Bayreuth) e Prof. Dr. Jorge Jairoce (Biblioteca Nacional).

Este seminário tem como principal objectivo estimular o uso do referido livro como material de apoio ao estudo – desenvolvendo, a partir dele e com pesquisa complementar, diversos objectos de aprendizagem - e motivar para a pesquisa em Cinema, para a qual a associação organizadora pretende encontrar os parceiros financeiros que viabilizem a criação de um fundo anual específico.

Na exposição deste ano será apresentado o protótipo da App Galeria de Retratos - Museu do Cinema mobile - desenvolvido em parceria com a MOZApp - e um espaço de homenagem ao cineasta José Cardoso, onde serão exibidos, para além das suas 3 curtas em 8mm, artefactos e equipamentos da colecção particular da família.

+ info www.museudocinemamocambique.org

Diana Manhiça – 828659000 e Ivan Zacarias – 843645554

seminário2017@museudocinemamocambique.org

03.07.2017 | por martalanca | cinema, Moçambique, seminário

Simpósio Internacional “Performance Arte Portuguesa: 2 ciclos para 1 arquivo”

Este Simpósio, a decorrer nos dias 20 a 22 de julho. 

 

O Simpósio Internacional Performance Arte Portuguesa: 2 ciclos para um arquivo tem como objetivo juntar numa mesma plataforma de discussão os recentes estudos e investigações que têm vindo a ser produzidos de forma dispersa sobre a arte da performance portuguesa, enquadrando-a no contexto internacional. Este género, com expressão no campo artístico especialmente a partir de meados dos anos 60 do século XX e que tem ressurgido nas últimas décadas do nosso milénio, tem sido sistematicamente esquecido pela história da arte portuguesa, caracterizando-se pelo que Ernesto de Sousa denominou de uma “História-sem-história” das vanguardas em Portugal. Nesse sentido, se por um lado, se abordam neste simpósio as práticas contemporâneas, por outro, procura-se que estas práticas sejam contextualizadas numa perspetiva histórica. Conscientes da instabilidade das fronteiras que definem esta prática e esta teoria, pretende-se que o encontro seja um espaço de debate entre pessoas com formações e perspectivas muito distintas. De artistas a curadores, programadores ou conservadores, de sociólogos a filósofos, de historiadores a antropólogos, o encontro pretende congregar em torno de si um confronto de ideias e de experiências interdisciplinares. O público-alvo desta iniciativa é, também, muito variado, incorporando não só académicos, como artistas, ou membros do público em geral com interesse nesta temática.

 

Para mais informações sobre o simpósio e inscrições consultar aqui

Contactos: pa.portuguesa2016@gmail.com

E. M. de Melo e CastroE. M. de Melo e Castro

17.06.2016 | por martalanca | PAP, performance, seminário

Seminário de Estudos Internacionais - E agora, Brasil?

No próximo dia 13 de maio, pelas 18h, o ISCTE-IUL apresenta o Seminário de estudos Internacionais “E Agora, Brasil?”, a decorrer no auditório JJ Laguinha.

Para mais informações:

Facebook

11.05.2016 | por claudiar | Brasil, estudos internacionais, ISCTE-IUL, seminário

Seminário "Making Sense of State Fragility", com James Putzel

Nó próximo dia 12 de maio, quinta feira, pelas 18h, decorrerá o seminário “Making Sense of State Fragility”, com James Putzel, no ISEG.

Para mais informações, ver aqui.

10.05.2016 | por claudiar | iseg, seminário

Pensar África ­- Um Mundo em Movimento. Refugiados Angolanos entre a Zâmbia e Angola

Integrado no Seminário Permanente de Estudos Africanos, Um mundo em movimento. Refugiados angolanos entre a Zâmbia e Angola, será o tema a considerar no próximo dia 12 de maio, pelas 18h00, no ISCTE-IUL (Auditório Afonso de Barros).
Com o Professor Pedro F. Neto, do CEI - IUL.

Entrada Livre

07.05.2016 | por claudiar | Estudos Africanos, ISCTE-IUL, seminário

Seminário Estudos Artísticos com Sandro Ferreira

A próxima sessão do Ciclo de encontros MESA DE MONTAGEM realizar-se-à na próxima quarta-feira, dia 23 de março, e irá ter como convidado Sandro Ferreira.  

Local: FCSH, Edifício ID, sala1.06

21.03.2016 | por claudiar | seminário

Seminário "Race-politics in Afro-Cuban religions: why it should not always matter"

Abstract

This paper reconsiders the way race-politics are made manifest in Afro-Cuban religiosity. Approaching critically the existing literature, it tries to argue that an active effort to make explicit issues of race and how they have mattered historically co-exists with a seemingly contradictory but equally active effort to express that race should not (always) matter. This latter effort, rather than historically, it is materialized mythically and practically or, as Sahlins would have it, mythopractically. Nevertheless, this is not done in competition to the historical dimension but adds to it a very critical edge that has been lacking in conventional understandings of race-politics.

Bionote

Paper presented by Anastasios Panagitopoulos. Post-doctoral researcher in CRIA/FCSH-Universidade Nova de Lisboa. Anastasios did his B.A. in Sociology at the University of Crete, Greece. Then went on by doing his M.A. and PhD at the University of Edinburgh, UK. In his current postdoctoral position, he is focusing on the relation of Afro-Cuban religions and Cuban politics, as well as the transnational dimensions of the former.

 

17.03.2016 | por claudiar | religiao, seminário

5º Seminário Nómada em Estudos da Performance

A organização dos Seminários Nómadas em Estudos da performance convida todos a estarem presentes no próximo dia 4 de Março, sexta-feira, pelas 21h no Bar Irreal, para mais um Seminário. Desta vez com Paula Caspão, investigadora, dramaturga, escritora e artista interdisciplinar, e Claire Buisson , investigadora das linguagens do corpo, numa conversa em torno das linguagens, do corpo, das traduções, da documentação e do arquivo.


 

03.03.2016 | por claudiar | estudos da performance, seminário

Seminário com Peter Mark

No próximo dia 9 de Março, a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa irá acolher Peter Mark, professor de História da Arte, da Wesleyan University, nos Estados Unidos da América, a propósito do Seminário de História de África, intitulado de “Transcultural images and the iconography of sixteenth-century global trade”.

03.03.2016 | por claudiar | história de áfrica, peter mark, seminário

Seminário "As Construções da História de Angola", no ISEG

 

01.03.2016 | por claudiar | história, iseg, seminário

Deslocating Europe - Re-engaging with Cabral, Césaire and Du Bois

VIAGENS E TEORIAS EM TEMPOS DE RECOLONIZAÇÃO: Revisitando Cabral, Césaire e Du Bois / TRAVELS AND THEORIES IN TIMES OF RECOLONIZATION: Re-engaging with Cabral, Césaire and Du Bois


Um simpósio com a Participação de / A Symposium with:

Diana Andringa, Daniel Barroca, Rada Ivekovic, Onur KoÅNmürcü Nobrega,

Felwine Sarr, António Tomás, Françoise Vergès, Deborah Willis

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa / ANFITEATRO IV

10 e 11 OUTUBRO 2013 / 2013 October 10th and 11th

10h – 18h / 10 am – 6 pm

Exibição do Documentário / Documentary film screening

As Duas Faces da Guerra (2007, 100’), de / by Diana Andringa, Flora Gomes

10 de OUTUBRO 2013 / 2013 October 10th to 25th

17:30h / 5.30 pm

Exposição / Exhibition (Átrio da Biblioteca)

10 a 25 OUTUBRO 2013 / 2013 October 10th to 25th

Amílcar Cabral: Teorias e Práticas em Viagem / Amílcar Cabral: Travelling

Practices and Theories (Arquivos da Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e do CIDAC-Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral / Library of the Faculty of Letters, University of Lisbon and Resource Centre of Development NGO CIDAC-Amílcar Cabral Intervention Centre for Development

Archives)

10/10/2013 PROGRAMA / PROGRAMME

10h / 10 am

Receção e apresentação / Welcome and opening remarks

10:30h / 10.30 am

The Challenge of New Forms of Colonization

Françoise Vergès (Goldsmiths College, London; Collège d’études mondiales, Paris)

Interlocutora / Discussant: Rada Iveković (Paris)

11:30h / 11.30 am

Café / Coffee break

12h / 12 am

Rethinking Economy by Reading Césaire

Felwine Sarr (Université Gaston Berger, Senegal)

Interlocutora / Discussant: Inocência Mata (CEC-FLUL)

13h / 1 pm

Almoço / Lunch

15h / 3 pm

Cabral and the Problem of Theory

António Tomás (Makerere University, Uganda)

Interlocutor / Discussant: José Neves (FCSH-UNL)

16h / 4 pm

Café / Coffee break

16:30h / 4.30 pm

Amílcar Cabral’s Double Victory

Diana Andringa (Lisboa)

Interlocutora / Discussant: Ana Paula Tavares (CLEPUL-FLUL)

17:30h / 5.30 pm

As Duas Faces da Guerra (2007, 100’)

Um Documentário de / A documentary film by Diana Andringa, Flora Gomes

Apresentação e discussão / Introduction and discussion: Diana Andringa

11/10/2013 PROGRAMA / PROGRAMME

10h / 10 am

Considerações prévias e balanço / Preliminary remarks and balance

10:30h / 10.30 am

A Second Life: A Du Boisian Articulation of New Identities

Deborah Willis (New York University)

Interlocutor / Discussant: José António Fernandes Dias (FBAUL – Africa.Cont-CML)

11:30h / 11.30 am

Café / Coffee break

12:00h / 12 am

From Another Place: From James Baldwin’s Turkish Period to Black Turkish History

and Politics in Contemporary Turkey

Onur Suzan KoÅNmürcü Nobrega (Goldsmiths College, London)

Interlocutora / Discussant: Ruth Wilson Gilmore (City University of New York)

13:00h / 1 pm

Almoço / Lunch

15:00h / 3 pm

Translation and National Sovereignty

Rada Iveković

Interlocutora / Discussant: Françoise Vergès

16h / 4 pm

Café / Coffee break

16:30h / 4.30 pm

A Montage of Attractions, Jorn – Cabral

Daniel Barroca (Lisboa)

17:30h / 5.30 pm

Apontamentos Finais / Closing remarks

Françoise Vergès, J. A. Fernandes Dias, Manuela Ribeiro Sanches

18h / 6 pm

Exposição: “Amílcar Cabral: Teorias e Práticas em Viagem” (Arquivos da Biblioteca da

FLUL e do CIDAC) / Exhibition: “Amílcar Cabral: Travelling Practices and Theories”

(Arquives of FLUL Library and CIDAC)

Inauguração da exposição e leitura de / Exhibition opening and reading by Ana Paula

Tavares

As conferências serão apresentadas em Inglês 

ENTRADA LIVRE / FREE ENTRANCE

www.africacont.org

www.artafrica.info

www.comparatistas.edu.pt

02.10.2013 | por martalanca | Aimé Césaire, Amílcar Cabral, Du Bois, Europa, seminário

Seminário CEsA | Migrações internas, urbanização e saúde em Angola; com Carlos Lopes

Migrações internas, urbanização e saúde em Angola 
21 FEVEREIRO / 18 horas / Sala 108 (Ed. Francesinhas)
Carlos Lopes (CEA/ISCTE e CEsA/ISEG)

Neste seminário, Carlos Lopes analisa as articulações entre a migração interna, a urbanização e a saúde em Angola, bem como a estrutura de políticas nacionais relativamente à mobilidade interna. É resultado de um estudo realizado por uma equipa de investigadores especializados em questões socioeconómicas angolanas, em colaboração com o ISEG-UTL.

FEVEREIRO
21/ Carlos Lopes (CEA/ISCTE e CEsA/ISEG) / Migrações internas, urbanização e saúde em Angola
28/ Alice Sindzingre (CNRS, U. Paris West; SOAS/U. London) / Sub-Saharan African economies’ growth paths and exports structures: confirming the concept of poverty trap?
7/ Caroline Dufy (Centre Émile Durkheim/U. Bordéus) / Pratiques informelles dans le changement de système en Russie: entre criminalité et normalisation

MARÇO
14/ Ricardo Pereira (CES/Coimbra) / Modelos Emergentes de Cooperação em Saúde Global
21/ João Mosca (Universidade Politécnica de Moçambique e CEsA/ISEG) / Penetração do Capital Mineiro e Reprodução da Pobreza
4/ Nuno Teles (CES/Coimbra) / Financeirização e limites do Estado Desenvolvimentista: o caso da África do Sul

ABRIL
11/ Vincent Foucher (International Crisis Group) / The current political and security perspectives in Western Africa
18/ Christabelle Peters (Centre for Research on Cuba/U. Nottingham) / The African Atlantic: a new framework for investigating black cultural politics

MAIO
2/ Sónia Centeno Lima (IHMT/UNL) / A desnutrição e a infecção em crianças: indicadores de que desenvolvimento?
9/ Giovanni Carbone (Università degli Studi di Milano) / The impact of democratization on economic growth and social welfare: some evidence from Africa’s emerging “lions”
16/ Pedro Rosa Mendes (Jornalista/Investigador) / O papel da URSS nos movimentos de libertação dos PALOP
23/ Susanne Melde (OIM) / Migrações Sul-Sul e desenvolvimento

web
web2

15.02.2013 | por herminiobovino | lisboa, migrações, seminário

seminário Arqueologias da Violência, 13 julho, LISBOA

No seminário “Língua Portuguesa e Linguagens Literárias”, do curso de Pós-Graduação em Língua e Cultura Portuguesa, dedicado às diferentes visões e modalidades da violência nas literaturas de língua portuguesa, numa perspetiva comparativa, foi também estudada a literatura enquanto universo da reinvenção da diferença cultural deforma a alargar a compreensão de espaço nacional e transnacional da língua portuguesa, abordando a problemática do binómio língua e expressão e a relação entre Cultura e Imperialismo. Neste contexto, foram abordados os diferentes fundamentos da problemática da designação dos sistemas literários dos países de língua portuguesa, língua portuguesa e expressões literárias, questionando o conceito de lusofonia literária. No encerramento das atividades do seminário, as professoras Inocência Mata e Fernanda Gil Costa e os alunos do Mestrado em Língua e Cultura Portuguesa e da Especialização em Estudos Portugueses, do Departamento de Língua e Cultura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, convidam a uma reflexão sobre os temas tratados ao longo do semestre, apresentando publicamente os seus trabalhos finais.

Programa

15:00 Sessão de Abertura
Professoras Fernanda Gil Costa (FLUL) e Inocência Mata (FLUL)

15:10 Primeira sessão: LUSOFONIA E LITERATURA(S) LUSÓFONA(S)
Moderador: Professora Helena Buescu (FLUL / Dir. Centro de Estudos Comparatistas)
Ofélia Mendes: “Lusofonia: Realidade ou Utopia? Algumas perspetivas”.
Mafalda Duarte: “A Lusofonia em Eduardo Lourenço: Perspetivas de futuro”.
Thie Silva: “Sincretismo religioso: como a cultura dos dominados coexiste na literatura lusófona”.

16:30 Segunda sessão: REPRESENTAÇÕES DA GUERRA
Moderador: Professora Fátima Mendonça (Universidade Eduardo Mondlane – Moçambique)
Mara Yurgel: “Guerra e géneros literários em Parábola do Cágado Velho, de Pepetela”.
Estanislau Franco: “Guerra como fator de desestabilização em Parábola do Cágado Velho, de Pepetela”.
Maria João Calais: “Olhando a violência da guerra em Parábola do Cágado Velho, de Pepetela”.
Ludovica Tranfaglia: “A Costa dos Murmúrios, de Lídia Jorge e o cenário da Guerra Colonial”.
Pausa para café.

18:00 Terceira sessão: VIVÊNCIAS DO TRAUMA
Moderador: Professora Catarina Gaspar (FLUL) Elisabeta Mariotto: “Violência e trauma em A Costa dos Murmúrios, de Lídia Jorge”.
Raquel Reis: “Lillias Fraser, a máquina do tempo perdido. Um olhar feminino sobre a violência e a História”.
Conceição Pereira: “As ficções de Lillias: uma leitura de Lillias Fraser, de Hélia Correia”.
Miguel Moiteiro: “A enfermeira Inês em As Duas Sombras do Rio, de João Paulo Borges Coelho: de sujeito a objeto”.

19:20 Encerramento
Professora Maria José Grosso (FLUL / Diretora do DLCP)


13 de Julho de 2012 - 15h00
Sala de Vídeo - Faculdade de Letras (junto ao Bar Velho)


10.07.2012 | por candela | faculdade de letras lisboa, guerra, Literaturas de Língua Portuguesa, memória, seminário

Seminário Arts prophétiques en Afrique

Journées d’Études - Arts prophétiques en Afrique

24 e 25 de Maio |Sala C610|Edifício 2, Centro de Estudos Africanos (ISCTE-IUL), LISBOA

Organisées par Julien Bonhomme (École Normale Supérieure) et Ramon Sarró (Université d’Oxford et Instituto de Ciências Sociais, Lisboa)

A relação entre a arte e o profetismo, formas alternativas e complementares de imaginação, tem sido pouco estudada pela antropologia da religião.Porém, muitos artistas foram proféticos na sua obra, e muitos profetas foram artistas na sua forma de imaginar o futuro e até de materializar esta imaginação em textos, desenhos, ou até cidades. A interligação entre arte e profetismo é um lugar ideal para estudar o “trabalho do espírito” de que nos falava Lévi-Strauss e para estudar a interface entre o mundo da palavra e da mensagem e o mundo das imagens e das conexões não-verbais.

Numa viagem que decorre no Congo (região paradigmática da efervescência profética) no primeiro dia e além do Congo (África ocidental e diáspora) no segundo dia, e apoiando-nos na produção de imagens (quadros, filmes), analisaremos comparativamente a conexão entre arte e profetismo em África num seminário de dois dias financiado pelo projeto ANR “Création, Rituel, Mémoire” (Musée du quai Branly, Laboratoire d’anthropologie sociale). O seminário contará ainda com a presença de David Wabeladio Payi (doctor Honoris Causa pela Universidade de Kinshasa), ele próprio inventor por revelação divina de uma forma de escrita e de arte denominada “Mandombe”, muito utilizada no Congo e em Angola e que originou, por um lado, uma arte muito original, já adotada por vários artistas de Kinshasa, e por outro lado um alfabeto de grandes possibilidades aprendido e transmitido em centros de ensino em África e na diáspora.

Para mais informações: facebook.com/CentroEstudosAfricanos

21.05.2012 | por martacacador | Centro de Estudos Africanos, Estudos Africano, ISCTE, seminário

Seminário de Estudos Africanos

A comunicação do risco ambiental em África. O caso “Bypass-Mozal” de Moçambique.
Luca Bussotti CEA-IUL

Esta comunicação pretende analisar as dinâmicas sociais resultantes do caso “Bypass-Mozal”. Durante 133 dias, a Mozal trabalhou sem filtros, aumentando o nível depoluição atmosférica nas áreas nos arredores das suas instalações. A partir dessa “crise”, e com base nas teorias da “Social Amplification of Risk”, a comunicação pretende demonstrar como se chegou a uma crise “sistémica” (usando uma expressão de Habermas), cuja base assenta na falta de confiança entre os actores sociais envolvidos no processo: empresas, políticos, associações, população e media.

18 Abril | 
18:00 | Auditório B203, Edifício II
Centro de Estudos Africanos - ISCTE/IUL
Av. das Forças Armadas
Edifício ISCTE, Sala 2N17
1649-026 Lisboa – Portugal
Tel. | +351 217 903 067
Fax | +351 217 955 361
web
facebook

15.04.2012 | por herminiobovino | Estudos Africanos, seminário

In Progress - Seminário sobre Ciências Sociais e Desenvolvimento em África

26.10.2011 | por joanapires | Africa, ciencias sociais, seminário

SEMINÁRIO DE ESTUDOS AFRICANOS - Migration and its repercussions: the case of Mali

Sala C202, Edifício II, ISCTE-IUL | 18:00 | 29 Setembro

28.09.2011 | por joanapires | Centro de Estudos Africanos, seminário

Seminário sobre Turismo no Continente Africano

Uma “aula aberta”, realizada no âmbito da cadeira de geografia do turismo do curso de turismo e gestão de empresas turísticas da Universidade Lusófona do Porto,  

Apresentação de Fábio Carbone, investigador em património, turismo e sustentabilidade, para enquadrar o fenómeno turístico em África e participação de Maria Fernandes, Associação Cooperação Guiné-Bissau (ACGB), que irá intervir com uma apresentação com titulo: “O papel do turismo voluntário no desenvolvimento sustentável. A perspectiva da ACGB.”

6 de Abril às 14h30 na Universidade Lusófona do Porto.

04.04.2011 | por martalanca | seminário, turismo