A Importância das Relações UE-África

A APEE e o NEA apresentam a Conferência intitulda “A Importância das Relações UE e África”, que se irá realizar no próximo dia 14 de Abril, às 10 horas, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Conferência esta que culminará com a assinatura do Protocolo de Parcerias entre estas duas entidades, e que contará com os seguintes oradores:
- Laura Vidal (Conexão Lusófona): A posição dos jovens e das diversas plataformas da Sociedade Civil na CPLP;
- Mestrando Manuel G. Manjolo: Organizações sub-regionais ; União Africana e Processos de cooperação no domínio Migratório. 
ENTRADA LIVRE


10.04.2016 | por claudiar | conferência, Relações Internacionais | 0 comentários

Africa in International Relations, com Daniel Bach | Summer School ISEG 2012

Curso intensivo | De 2 a 6 de Julho, das 9h às 13h (total de 12 horas)

Organizado pelo departamento de economia do ISEG, em articulação com o CEsA – Centro de Estudos sobre África e do Desenvolvimento e a UECE – Unidade de Estudos sobre a Complexidade na Economia.

O lugar de ÁFRICA NAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS é o tema central do curso da Summer School ISEG proferido pelo africanista DANIEL BACH (Centre National de la Recherche Scientífique – CNRS, Université Bordeaux), no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG).

A questão das representações de África nas relações internacionais é o ponto de partida do curso, que se irá centrar na era pós-colonial do continente: através de o prisma de um continente “subalternizado”, porém estratégico; da ideia de uma prefiguração de anarquia global; de uma emblemática associação do continente aos esforços humanitários; e, mais recentemente, como uma nova fronteira ou, no caso do Norte de África, como “zona tampão”. O curso irá abordar também o

estudo de África como agente das Relações Internacionais, através de uma análise das armadilhas de uma abordagem centrada no conceito de Estado, a transformação de uma situação de chamada “segurança do terceiro mundo” para um conceito global, e a construção do “regionalismo sem integração”.

Será ainda tema de discussão o Estado africano como um actor peculiar na arena internacional. O conceito de neopatrimonialismo é uma questão-chave e um incentivo à reavaliação dos debates sobre o Estado desenvolvimentista. Este
ponto levará à discussão sobre a interacção entre organizações regionais, integração regional e ordens regionais em África. O curso termina com uma reflexão sobre África como um continente “emergente”, uma fronteira global e de interface com outras geografias.
Ainda no âmbito da edição deste ano da Summer School ISEG, serão organizados os cursos “Labor Economics”, com o Prof. Mário Centeno (entre 25 e 29 de Junho), e “Modelling Financial Time Series”, com Prof. João Nicolau (de 19 a 13 de Julho).
 

 

Data limite para registo e pagamento: 8 de Junho
Custo total: 120 euros (público em geral); 75 euros (estudantes demestrado e doutoramento)

+ info: http://www.utl.pt/pagina.php?area=10682

Comunicação | CEsA - Centro de Estudos sobre África e do Desenvolvimento
Instituto Superior de Economia e Gestão/UTL
http://pascal.iseg.utl.pt/~cesa

02.06.2012 | por martacacador | cursos, Daniel Bach, iseg, Relações Internacionais | 0 comentários