The End of the Western (Monika Gintersdorfer & Knut Klassen) + Breaking Performance no Teatro Maria Matos LISBOA

Em 2005, Monika Gintersdorfer e Knut Klassen desembarcaram na Costa do Marfim. Foi o início de uma sucessão de trocas artísticas entre a cena de teatro e dança europeia e a da África Ocidental. No entanto, o trabalho desta dupla de artistas germânicos afasta-se consideravelmente do de outros criadores europeus que trabalharam em África. Gintersdorfer & Klassen não procuram uma interculturalidade mutuamente inspiradora e politicamente correta. Eles enfatizam as diferenças entre brancos e pretos e estas constituem a força motora dos seus espetáculos. Em 2013, e pela primeira vez em Portugal, Monika Gintersdorfer e Knut Klassen ocupam o nosso Teatro e com os seus atores, bailarinos e mais alguns convidados trazem-nos teatro, dança, música e festa ao ritmo da capital costa-marfinense Abidjan.

teatro Monika Gintersdorfer & Knut Klassen 

sex 22 fevereiro 21h30
The End of the Western 
14€ / Com desconto 7€ | Bilhete duplo 19€ / Com desconto 9,50€ | M/16
Festa Couper Décaler Entrada livre
Em The End of the Western, um grupo de atores e bailarinos refletem sobre a história recente da Costa do Marfim. Durante vários meses, depois das eleições legislativas de 2010, dois presidentes reivindicaram a sua legitimidade enquanto Chefe do Estado eleito, arrastando o país num conflito sangrento. Monika Gintersdorfer e Knut Klassen centram o seu espetáculo na resolução deste western ― palavra que Laurent Gbagbo empregou para descrever o conflito com o seu arqui-inimigo Allasane Ouattara. Depois do espetáculo, animação musical com os artistas costa-marfinenes de Couper-Décaler Skelly, Shaggy Sharoof e Gadoukou la Star e DJ Abidjaninsky. Couper Décaler é uma das expressões mais importantes da música pop africana.

sáb 23 fevereiro 20h30

Breaking Performance
La Jet Set 

Concerto Couper Décaler meets Kuduro com Skelly, Shaggy Sharoof e Gadoukou la Star e o DJ Marfox

14€ / Com desconto 7€ | Bilhete duplo 19€ / Com desconto 9,50€ | M/16

Breaking Performance é um formato criado para responder aos acontecimentos da atualidade política com um desfasamento temporal mínimo. As notícias de última hora (breaking news) transmitidas pela televisão são confrontadas em cena pelos intérpretes e os seus pontos de vista. Esta Breaking Performance é dedicada ao processo do ex-presidente da Costa do Marfim, Laurent Gbagbo, no Tribunal Internacional de Justiça de Haia. Em La Jet Set Douk Saga, Lino Versace, Boro Sanguy, Le Molare são estrelas de música e dança da Costa do Marfim. Na comunidade imigrante parisiense, são conhecidos como jet set. Combinam o glamour do seu vedetismo com a precariedade das condições de vida nos bairros sociais. Nos clubes noturnos da Cidade das Luzes, lançaram uma nova tendência: o Couper Décaler. Depois dos dois espetáculos a noite acaba em festa, com uma atuação conjunta dos músicos marfinenses Skelly, Shaggy Sharoof e Gadoukou la Star e o DJ Marfox, a nata do kuduro produzido em território nacional.

19.02.2013 | por martalanca | Costa do Marfim, interculturalidade | 0 comentários

The end of the western, LISBOA

Durante duas noites, a dupla Monika Gintersdorfer e Knut Klassen ocupa o Teatro Maria Matos e com os seus atores, bailarinos e mais alguns convidados trazem-nos teatro, dança, música e festa ao ritmo da capital costa-marfinense Abidjan.

Em 2005, Monika Gintersdorfer e Knut Klassen desembarcaram na Costa do Marfim. Foi o início de uma sucessão de trocas artísticas entre a cena de teatro e dança europeia e a da África Ocidental. No entanto, o trabalho desta dupla de artistas germânicos afasta-se consideravelmente do de outros criadores europeus que trabalharam em África. Gintersdorfer & Klassen não procuram uma interculturalidade mutuamente inspiradora e politicamente correta. Eles enfatizam as diferenças entre brancos e pretos e estas constituem a força motora dos seus espetáculos.

SEX 22 FEVEREIRO 21H30   SÁB 23 FEVEREIRO 20H30    Teatro Maria Matos, Lisboa

15.02.2013 | por franciscabagulho | Costa do Marfim, dança contemporanea | 0 comentários

Bloody Thursday na Costa do Marfim

Na 5ª-feira, sete mulheres que participavam numa manifestação (de mulheres), pacífica, cantando “ADO”  para pedir a tomada de posse de Alassane Dramane Ouattara), o vencedordas eleições presidenciais de Novembro, foram barbaramente assassinadas pelo exército da Costa do Marfim, leal ao candidato derrotado, o presidente Laurent Gbagbo.

Alain Le Roy, que chefia as operações de manutenção de paz das Nações Unidas, confirmou a barbárie, negada oficialmente mas reconhecida por fontes do exército marfinense. Entretanto, o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Refugiados anunciou ontem que suspendeu as suas operações na região oeste da Costa do Marfim, devido a razões de segurança. “Infelizmente, deixámos de operar na região devido aos combates e à insegurança”, revelou a porta-voz do ACNUR, Melissa Fleming. Na véspera, o Conselho de Segurança da ONU lançou um aviso que deveria ser óbvio desde dia 3 de Dezembro: a Costa de Marfim está à beira de uma guerra civil. E confirmou que a UN continua UN-able em mais um conflito.

Palmira F. Silva no JUGULAR

06.03.2011 | por martalanca | Costa do Marfim | 0 comentários

Posicionamento de intelectuais sobre a situação na Costa do Marfim

Académicos africanos e africanistas tomam uma posição sobre a situação dramática da Costa do Marfim.

Ler texto no Le Monde

19.01.2011 | por franciscabagulho | Costa do Marfim, Laurent Gbagbo | 0 comentários