CADERNOS DE ESTUDOS AFRICANOS n.º 25 - 2013 | free download

11.07.2013 | por raul f. curvelo | ANA BÉNARD DA COSTA (DIR.), Centro de Estudos Africanos, ISCTE-IUL

State and Societal Challenges in the Horn of Africa: Conflict and processes of state formation, reconfiguration and disintegration | free download

This book brings to fruition the research done dring the CEA-ISCTE project ‘’Monitoring Conflicts in the Horn of Africa’’, reference PTDC/AFR/100460/2008. The Portuguese Foundation for Science and Technology (FCT) provided funding for this project.

The chapters are based on first-hand data collected through fieldwork in the region’s countries between 4 January 2010 and 3 June 2013. The project’s team members and consultants debated their final research findings in a one-day Conference at ISCTE-IUL on 29 April 2013.

The following authors contributed to the project’s final publication: Alexandra M. Dias, Alexandre de Sousa Carvalho, Aleksi Ylönen, Ana Elisa Cascão, Elsa González Aimé, Manuel João Ramos, Patrick Ferras, Pedro Barge Cunha and Ricardo Real P. Sousa.

FULL BOOK (Free): DOWNLOAD

 

Introduction: understanding conflict and processes of state formation, reconfiguration and disintegration in the Horn of Africa
ALEXANDRA MAGNÓLIA DIAS 

From beleaguered fortresses to belligerent cities            
MANUEL JOÃO RAMOS

The security issues behind the ethiopian intervention in Somalia (2006-2009)
ELSA GONZÁLEZ AIMÉ 

Security stakes and challenges in the Horn of Africa
PATRICK FERRAS

African Peace and Security Architecture (APSA) subsidiarity and the Horn of Africa: the Intergovernmental Authority on Development (IGAD)
RICARDO REAL P. DE SOUSA

Somalia as a market for private military and security companies: definitions, agents and services         
PEDRO BARGE CUNHA

International intervention and engagement in Somalia (2006-2013): yet another external state reconstruction project?
ALEXANDRA MAGNÓLIA DIAS

The legacy of power sharing in Kenya: literature challenges and research agenda’s invisibilities
ALEXANDRE DE SOUSA CARVALHO

Still caught in the middle: nuba political struggle and failure of comprehensive peace agreement in Sudan
ALEKSI YLÖNEN

Resource-based conflict in South Sudan and Gambella (Ethiopia): when water, land and oil mix with politics
ANA ELISA CASCÃO

08.06.2013 | por raul f. curvelo | aleksi ylönen, alexandra magnólia dias, alexandre de sousa carvalho, ana elisa cascão, Centro de Estudos Africanos, elsa gonzález aimé, ISCTE-IUL, manuel joão ramos, patrick ferras, pedro barge cunha, ricardo real p. de sousa

Conversas Sobre a Mesa: As Percepções das Culturas Africanas na Arte – Diálogos e Inspiração a 24 Maio 2013, no ISCTE-IUL

Comedians’ Handbill, 1938 Paul Klee (German, 1879–1940)

Durante o início do século XX, a estética da escultura tradicional africana tornou-se uma poderosa influência na obra de diversos artistas europeus responsáveis por movimentos avant-garde e pelo desenvolvimento da arte moderna, dos quais sobressaem nomes como Henri Matisse, Pablo Picasso ou Paul Klee.

São os artistas deste período os primeiros a desenvolver um interesse estético e artístico pelas colecções de objectos oriundos das colónias africanas, que, um pouco por todas as capitais europeias, tornadas metrópoles de impérios coloniais em expansão, são reunidas em museus de cariz etnográfico.

A progressiva valorização da arte do continente africano fez-se acompanhada por intensos movimentos culturais que reclamavam a importância do pensamento e criatividade africana nas suas várias vertentes, literatura, música ou artes plásticas, intimamente ligados aos debates políticos suscitados por intelectuais que reclamavam a independência das colónias africanas.

Na era contemporânea  pós-colonial, a influência da estética e processos tradicionais africanos está tão profundamente embutida na prática artística que raramente é evocada. A crescente globalização do mundo da arte, que inclui agora artistas contemporâneos africanos, torna cada vez mais discutível qualquer termo que pressuponha uma divisão clara entre arte ocidental e não-ocidental.

É nos esforços para compreender, de modo abrangente, os fundamentos estéticos dos primórdios do modernismo que a investigação das influências africanas na arte moderna permanece relevante hoje.*

O propósito deste nosso encontro é o de reflectir sobre a forma como as culturas africanas foram,  e continuam a ser, fonte de inspiração  artística em todo o mundo. Importa, também, realçar os modos como os diálogos culturais sempre foram feitos de forma recíproca e assentes em influências multilaterais.

 O mapeamento, a compreensão, e as percepções destes movimentos são objecto de estudo de diversos investigadores e artistas.

Este é um dos muitos pontos em que se vai centrar o nosso debate.

* Baseado no texto de Murrell, Denise. “African Influences in Modern Art”. In Heilbrunn Timeline of Art History. New York: The Metropolitan Museum of Art, 2000. http://www.metmuseum.org/toah/hd/aima/hd_aima.htm (April 2008).

 

Moderação

Carla Henriques

Nasceu em Moçambique. Jornalista na RDP África (RTP) há 17 anos, onde foi coordenadora de informação durante mais de uma década. Formada em Ciências de Comunicação, frequentou o Mestrado em Relações Internacionais. Realiza e produz o programa sobre cinema nos países de língua portuguesa – GRANDE PLANO. Colabora com o programa de cinema da Antena 1 - CINEMAX . É consultora do Shortcutz Porto, júri e curadora de festivais de cinema. Convidados

Ismael Sequeira
Artista Plástico de origem são-tomense, desenvolve e participa em diversos projectos na área artística e cultural em Portugal e em São Tomé e Príncipe. Actualmente faz parte do núcleo fundador da Plataforma Cafuka.

Victor Pinto da Fonseca
Director da Plataforma Revólver - Para a arte contemporânea, autor e administrador da Artecapital - Magazine de arte contemporânea, curador de exposições e colecionador de arte. Nasceu em Luanda, vive e trabalha em Lisboa.

António Pinto Ribeiro
Fundação Calouste Gulbenkian

 

24 de Maio | 17h00-19h00 | Auditório Afonso de Barros, Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL)

 

Organização: África Mostra-se 2013 e Centro de Estudos Africanos do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL)

22.05.2013 | por raul f. curvelo | África Mostra-se 2013, antónio pinto ribeiro, Carla Henriques, Centro de Estudos Africanos, ISCTE-IUL, Ismael Sequeira, The Metropolitan Museum of Art, Victor Pinto da Fonseca

Seminários de Estudos Africanos, ISCTE, LISBOA

Caminhos do Documentarismo em Angola, Jorge António (produtor de cinema e documentarista), 13 Março, ISCTE Auditório B104, 18h.

19.02.2013 | por franciscabagulho | Centro de Estudos Africanos

Seminário Arts prophétiques en Afrique

Journées d’Études - Arts prophétiques en Afrique

24 e 25 de Maio |Sala C610|Edifício 2, Centro de Estudos Africanos (ISCTE-IUL), LISBOA

Organisées par Julien Bonhomme (École Normale Supérieure) et Ramon Sarró (Université d’Oxford et Instituto de Ciências Sociais, Lisboa)

A relação entre a arte e o profetismo, formas alternativas e complementares de imaginação, tem sido pouco estudada pela antropologia da religião.Porém, muitos artistas foram proféticos na sua obra, e muitos profetas foram artistas na sua forma de imaginar o futuro e até de materializar esta imaginação em textos, desenhos, ou até cidades. A interligação entre arte e profetismo é um lugar ideal para estudar o “trabalho do espírito” de que nos falava Lévi-Strauss e para estudar a interface entre o mundo da palavra e da mensagem e o mundo das imagens e das conexões não-verbais.

Numa viagem que decorre no Congo (região paradigmática da efervescência profética) no primeiro dia e além do Congo (África ocidental e diáspora) no segundo dia, e apoiando-nos na produção de imagens (quadros, filmes), analisaremos comparativamente a conexão entre arte e profetismo em África num seminário de dois dias financiado pelo projeto ANR “Création, Rituel, Mémoire” (Musée du quai Branly, Laboratoire d’anthropologie sociale). O seminário contará ainda com a presença de David Wabeladio Payi (doctor Honoris Causa pela Universidade de Kinshasa), ele próprio inventor por revelação divina de uma forma de escrita e de arte denominada “Mandombe”, muito utilizada no Congo e em Angola e que originou, por um lado, uma arte muito original, já adotada por vários artistas de Kinshasa, e por outro lado um alfabeto de grandes possibilidades aprendido e transmitido em centros de ensino em África e na diáspora.

Para mais informações: facebook.com/CentroEstudosAfricanos

21.05.2012 | por martacacador | Centro de Estudos Africanos, Estudos Africano, ISCTE, seminário

ECEA-IUL | março - LISBOA

20 de Março

 Seminário de Estudos Africanos Literaturas e Estruturas de Sentimento: fluxos entre Brasil e África 18:00Orador: Eliane Veras Local: Auditório Afonso de Barros, Edifício Ala Autónoma, ISCTE-IUL

27-29 de Março

 Conferência Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiva interdisciplinar, diacrónica e sincrónica Local: Edifício II, ISCTE-IUL

27-29 de Março

 Mostra de Documentários de São Tomé e Príncipe Local: Edifício II, ISCTE-IUL
Centro de Estudos Africanos - ISCTE/IUL, Av. das Forças Armadas, Edifício ISCTE, Sala 2N17 - Lisboa

 

Conferências Doutorais: Le congo Bouge: Analyse dy contexte politique pos-electoral. Orador: Theodore Trefon. ADIADO PARA 18 DE MAIO

14.03.2012 | por martalanca | Centro de Estudos Africanos

Chamada para publicação de artigos e recensões Revista CEA

REVISTA Cadernos de Estudos Africanos 

A revista Cadernos de Estudos Africanos aceita para publicação artigos científicos e recensões bibliográficas sobre realidades africanas ou relacionadas com África de todas as áreas das ciências sociais (antropologia, ciência política, economia, história, relações internacionais, sociologia, etc.).

Os manuscritos apresentados devem ser originais. Após leitura pela Comissão Editorial, as contribuições serão avaliadas em regime de anonimato por dois referees externos, que produzirão os respectivos pareceres. No caso de a revista ser organizada por um investigador(es) este(s) funcionará como segundo referee. Estes pareceres serão tidos em conta na decisão final da Comissão Editorial, que será oportunamente comunicada aos autores.

Os conteúdos publicados são da responsabilidade dos seus autores. Os artigos apresentados devem ser originais, redigidos em língua portuguesa, inglesa, francesa ou espanhola. Todos os artigos e recensões propostos para publicação na Revista Cadernos de Estudos Africanos devem ser enviados para os e-mails:cea@iscte.pt ou Ana.Benard.Costa@iscte.pt

Numa página à parte deve constar:a) Identificação do autor;b) Instituição a que pertence;c) Actual função;d) Morada institucional;e) E-mail;f) Telefone e Fax.

Os textos devem ser formatados de acordo com as normas da APA que se encontram resumidas aqui. Qualquer dúvida pode ser esclarecida através da consulta ao site.

20.01.2012 | por franciscabagulho | CEA, Centro de Estudos Africanos

Call for Papers: II Conferência Internacional Desporto em África - Desporto e lazer no continente africano: práticas e identidades (prolongamento do prazo para chamada para comunicações)

Chamada para comunicações / call for papers

II Conferência Internacional sobre o Desporto em África

Desporto e lazer no continente africano: práticas e identidades

http://conferenciadesportoemafrica.wordpress.com/

 

O Centro de Estudos Africanos do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), em colaboração com o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, o “Sport”: Laboratório de História do Esporte e do Lazer da Universidade Federal do Rio de Janeiro e o Núcleo de Estudos Africanos da Universidade Federal Fluminense, promoverá em Lisboa, a 5 e 6 de Junho de 2012 no ISCTE-IUL, a II Conferência Internacional sobre o Desporto em África, subordinada ao tema Desporto e lazer no continente africano: práticas e identidades

Apela-se à participação, em particular, dos académicos que tenham ou queiram desenvolver trabalhos sobre desporto e lazer em África.

A Conferência será aberta ao público. As línguas da Conferência serão o português, o francês e o inglês. Os interessados em participar com a apresentação de comunicações deverão ter presente a seguinte calendarização.

 

30 de Janeiro - submissão de propostas de comunicações

15 de Fevereiro - comunicação da Comissão Científica sobre a aceitação de comunicações 

15 de Maio - entrega dos papers para publicitação no site do CEA-ISCTE/IUL

 

Os resumos das comunicações deverão ter no máximo 200 palavras e ser acompanhados de três palavras-chave. Os proponentes deverão juntar uma breve nota biográfica, assim como indicar a respectiva filiação institucional e os contactos pessoais. As propostas deverão ser enviadas para o seguinte email: desporto.africa.cea@gmail.com

 

Deadline of Call for papers extended to January 30

 

II International Conference on Sport in Africa

Sport and leisure in Africa: practices and identities

http://conferenciadesportoemafrica.wordpress.com/

 

The Center of African Studies of the ISCTE-Lisbon University Institute, in cooperation with the Institute of Social Sciences of the University of Lisbon, the Sport: Laboratory of the History of Sport and Leisure, of the Federal University of Rio de Janeiro and the Group of African Studies of the Fluminense Federal University, are promoting the II International Conference on Sport in Africa, entitled Sport and leisure in Africa: practices and identities, in Lisbon on the 5 and 6 of June 2012.

Papers are welcome, particularly from scholars who study or are interested in developing topics related to sport and leisure in Africa.

The Conference will be open to the public. The Conference languages will be Portuguese, French and English. Those interested in participating with the presentation of papers should take note of the following schedule.

 

January 30 - Submission of proposals of papers

February 15 - Communication of the Scientific Committee on the acceptance of communications 

May 15 – Publication of papers on the site of CEA-ISCTE/IUL

 

Abstracts of papers should not exceed 200 words and be accompanied by three keywords. Speakers must attach a brief biographical note and indicate their institutional affiliation and personal contacts. Proposals should be sent to the following email: desporto.africa.cea@gmail.com

17.01.2012 | por joanapires | Africa, call for papers, Centro de Estudos Africanos, desporto, instituto de ciências sociais

Call for Papers - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiva interdisciplinar, diacrónica e sincrónica

Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiva interdisciplinar, diacrónica e sincrónica

Lisboa, ISCTE‐IUL, 27 e 28 de Março de 2012

O Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiva interdisciplinar, diacrónica e sincrónica resulta de uma parceria entre investigadores do Centro de Estudos Africanos do ISCTE ‐ Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE‐IUL) e do Programa de Desenvolvimento Global do Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT) no quadro de programas de investigação em curso, e visa apresentar e partilhar estudos e resultados de projectos sobre São Tomé e Príncipe, nas várias áreas do saber científico. 

Reflectindo a sua pequena dimensão, em termos quantitativos a produção científica relativamente a São Tomé e Príncipe não é comparável com a de outros países africanos lusófonos maiores, como Angola ou Moçambique. Contudo, nos últimos anos o número dos trabalhos de investigação relacionados com o pequeno arquipélago no Golfo da Guiné tem aumentado consideravelmente, tanto nas áreas das Ciências Sociais, como das Ciências

Naturais. Nesse sentido, este Colóquio pretende dar maior visibilidade à investigação que tem vindo a ser feita, criando oportunidades para os investigadores das diversas áreas científicas apresentarem os seus trabalhos e contribuírem, deste modo, para dinamizar o interesse por São Tomé e Príncipe e pelo papel desempenhado pela investigação científica.

Privilegiar‐se‐á uma abordagem comparativa e interdisciplinar que tenha em conta perspectivas históricas, antropológicas, sociológicas, culturais, económicas, políticas, biológicas e ambientais, que permita não só uma perspectiva histórica em termos globais e ao nível da relação do arquipélago com o continente Africano e com o mundo, mas também em termos do reconhecimento da importância dos saberes no contexto actual desta sociedade. Espera‐se que através de uma compreensão histórica mais aprofundada da realidade deste arquipélago, seja possível uma melhor compreensão da situação presente deste país, ajudando a identificar dificuldades actuais e a cooperar na sua resolução.

Áreas temáticas:

Ocupação e história colonial, história da escravatura e da economia de plantação

Génese da sociedade, insularidade, sociedades crioulas

O colonialismo moderno, o mundo das roças, descolonização

O período pos‐colonial, transições políticas, políticas económicas, diáspora

Línguas, literatura e cultura

Biodiversidade, etnobotânica, medicina tradicional, circulação de saberes….

Desenvolvimento e Cooperação (apresentação de projectos)

Comissão Organizadora

Ana Cristina Roque (IICT)

Gerhard Seibert (CEA)

Vítor Rosado Marques (IICT)

João Dias (CEA/ISCTE‐IUL)

Secretariado

Teresa Vilela (IICT)

Fernanda Alvim (CEA/ISCTE‐IUL)

Contacto:

coloquio.stp@gmail.com

Ana Cristina Roque, tel. +351 213600580/1/2

Gerhard Seibert, tel. +351 21 790 39 03

O Colóquio é aberto a todos os interessados, investigadores e público em geral. As propostas de comunicação deverão ser enviadas, sob forma de resumo, em português e inglês, para coloquio.stp@gmail.com, até 15 de Dezembro de 2011, sendo os resultados da avaliação comunicados até final de Janeiro de 2012. As comunicações terão uma duração de 20 minutos e poderão ser apresentadas em português e inglês embora não seja possível a tradução simultânea.

A inscrição é obrigatória e gratuita, não sendo possível à organização custear despesas de deslocação ou estadia.

Normas para a apresentação de resumos:

Os resumos devem ter entre 300 e 500 palavras e podem ser apresentados em português ou inglês. Texto em fonte Calibri, tamanho 11, com espaço entre linhas de 1,5 e espaço duplo entre as secções do texto. Palavras‐chave: mínimo 2 e máximo 5.

Nome(s) do(s) autor(es) e da instituição a que estão vinculados, bem como o endereço electrónico (e‐mail) do(s) autor(es).

Continuar a ler "Call for Papers - Colóquio Internacional São Tomé e Príncipe numa perspectiva interdisciplinar, diacrónica e sincrónica"

07.11.2011 | por joanapires | call for papers, Centro de Estudos Africanos, colóquio

Call for Papers: II Conferência Internacional Desporto em África - Desporto e lazer no continente africano: práticas e identidades

Chamada para comunicações / call for papers
II Conferência Internacional sobre o Desporto em África
Desporto e lazer no continente africano: práticas e identidades

O Centro de Estudos Africanos do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), em colaboração com o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, o “Sport”: Laboratório de História do Esporte e do Lazer da Universidade Federal do Rio de Janeiro e o Núcleo de Estudos Africanos da Universidade Federal Fluminense, promoverá em Lisboa, a 5 e 6 de Junho de 2012 no ISCTE-IUL, a II Conferência Internacional sobre o Desporto em África, subordinada ao tema Desporto e lazer no continente africano: práticas e identidades
Apela-se à participação, em particular, dos académicos que tenham ou queiram desenvolver trabalhos sobre desporto e lazer em África.
A Conferência será aberta ao público. As línguas da Conferência serão o português, o francês e o inglês. Os interessados em participar com a apresentação de comunicações deverão ter presente a seguinte calendarização.

15 de Janeiro - submissão de propostas de comunicações
15 de Fevereiro - comunicação da Comissão Científica sobre a aceitação de comunicações
15 de Maio - entrega dos papers para publicitação no site do CEA-ISCTE/IUL

Os resumos das comunicações deverão ter no máximo 200 palavras e ser acompanhados de três palavras-chave. Os proponentes deverão juntar uma breve nota biográfica, assim como indicar a respectiva filiação institucional e os contactos pessoais.
As propostas deverão ser enviadas para o seguinte email:
desporto.africa.cea@gmail.com

19.10.2011 | por joanapires | Africa, call for papers, Centro de Estudos Africanos, desporto, instituto de ciências sociais

SEMINÁRIO DE ESTUDOS AFRICANOS - Migration and its repercussions: the case of Mali

Sala C202, Edifício II, ISCTE-IUL | 18:00 | 29 Setembro

28.09.2011 | por joanapires | Centro de Estudos Africanos, seminário

Boletim Africanista do Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto (CEAUP)

O Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto vem por este meio enviar o Boletim Africanista de Janeiro /2011.
 
O Boletim Africanista é uma publicação mensal onde o CEAUP tenta reunir todas as informações académicas relacionadas com África.  
 

ceaup.ongd@africanos.eu

08.02.2011 | por ritadamasio | Centro de Estudos Africanos, mensal, publicação, Universidade do Porto