Centenário do nascimento de Jorge Amado, LISBOA

“A negra sorriu:
- Tá vendo?
- Tou. A gente liberta o negro.
A negra ia apanhando o tabuleiro. Henrique ajudou-a a botar as latas vazias em cima.
Ela perguntou:
- Você sabe qual é a coisa mais melhor do mundo?
- Qual é, minha tia?
- Adivinhe.
- Mulher…
- Não.
- Cachaça…
- Não.
- Feijoada…
- Não sabe o que é? É cavalo. Se não fosse cavalo, branco montava em negro..

Centenário do nascimento de Jorge Amado
Na próxima sexta-feira, 10 de agosto, cumprem-se 100 anos sobre o nascimento do escritor
brasileiro Jorge Amado, o autor de Capitães da Areia (1937) e Gabriela, Cravo e Canela (1958).
No terreiro em frente à Casa dos Bicos, teremos pelas 18h00 uma apresentação do grupo Arte Pura
Capoeira. A seguir, no auditório da Casa dos Bicos, haverá uma sessão de música e leituras
encenadas pela atriz Vera Barbosa, acompanhada pelo violonista João Maló. No mesmo espaço,
uma exposição de livros, fotografias, correspondência trocada com José Saramago, filmes e
 música.

JORGE AMADO, 100 ANOS
10 de agosto de 2012, 18h00
Fundação José Saramago, Casa dos Bicos, LISBOA.
Entrada livre sujeita à lotação da sala.

09.08.2012 | por candela | casa dos bicos, centenário, fundação josé saramago, jorge amado | 0 comentários