TERRA DE FOGO – um projeto que desenvolve a criação artística em S.Vicente

Residência Artística Internacional em Mindelo 

www.terradefogo.xerem.org

É já no próximo dia 8 de Fevereiro que terá início o TERRA DE FOGO,uma ação artística promovida pela Galeria ZeroPointArt em conjunto com a Xerem, de Portugal, com um financiamento parcial da dgARTES.

Com a curadoria do curador e artista plástico Alex da SilvaTERRA DE FOGO, que estará assente numa Residência Artística de 10 dias, promete trazer uma oferta artística de qualidade ao público Mindelense, com a participação de três artistas portuguesas - Cristina Ataíde, Susana Anágua e Alexandra Sargento. Tendo uma significativa experiência pessoal e profissional na sua área artística, estas três artistas actuarão numa dinâmica transdisciplinar, desafiando a sua criatividade para responder à especificidade e mística da ilha de S.Vicente.

O programa terá início no dia 9 de Fevereiro, com o Vernissage da Exposição Terra de Fogo, na Galeria ZeroPointArt, que será uma instalação onde serão apresentadas peças seleccionadas pelo curadorAlex da Silva. Durante a Residência Artística, serão ainda desenvolvidas actividades de formação e reflexão sobre a arte contemporânea, nomeadamente workshops para crianças, tertúlias com artistas locais e público interessado, criação de peças artísticas com o acolhimento do Atelier de Pintura do artista Alex da Silva.

Integrando-se na postura de abordagem da Arte que tem vindo a ser seguida pela ZeroPointArt, TERRA DE FOGO irá promover a inter-relação dos diversos públicos, encarando as trocas relacionais como veículo da contemporaneidade, tendo como foco o público de S. Vicente. O incentivo à aprendizagem, à discussão, ao desenvolvimento e à produção de arte fora dos circuitos comerciais será a tónica desta dinâmica artística em Mindelo. Trata-se de explorar outras direções dentro das artes visuais, integrando práticas colaborativas entre diferentes áreas artísticas - artes-plásticas, vídeo, performance e teatro - potenciando o desenvolvimento de intercâmbio cultural.

Ações da Residência Artística Internacional TERRA DE FOGO – de 8 a 18 de Fevereiro

- Vernissage da Exposição “Terra de Fogo” na Galeria ZeroPointArt – de 9 a 17 de Fevereiro

- Workshops de arte e educação realizados pelas três artistas participantes, com as crianças do agrupamento de Escolas de Calhau, Ribeira de Calhau e Madeiral – 14 de Fevereiro

- Artist talk sobre os trabalhos dos artistas participantes

– 14 de Fevereiro - Tertúlias de reflexão sobre arte contemporânea – 14 e 15 de Fevereiro

-Produção de um documentário visual e de material videográfico – de 8 a 18 de Fevereiro

Ficha técnica:

Organização: ZeroPointArt e Xerem

Coordenação: Fernando Cruz

Produção: ZeroPointArt e Xerem Curadoria: Alex da Silva

Artistas participantes: Cristina Ataíde, Susana Anágua e Alexandra Sargento.

Contatos: ZeroPointArt Horário de abertura: 10:00 – 12:30 | 18:00– 02:00 Segundas, Quartas, Quintas e Sextas 10:00 – 13:00 | 20:00– 02:00 Sábados Encerras à Terças

Endereço Galeria ZeroPointArt, Rua Unidade Africana 62, Mindelo, São Vicente, Cabo Verde Telf. + 238 2312525; Email: info@zerpointart.org

Apoios:

Governo de Portugal/Secretário de Estado da Cultura | Direção Geral das Artes

TACV

Fundação António Canuto

31.01.2013 | por martalanca | alex da silva, Mindelo, Xerem | 0 comentários

Exposição Alex da Silva + Paula Alonso em Roterdão

08.06.2011 | por martalanca | alex da silva | 0 comentários

Nascer, copolar e morrer de Alex da Silva

“Nascer, Copular e Morrer” é o título da exposição do artista plástico Alex da Silva, de 25 de Março a 9 de Abril, na Galeria Arco 8, em Ponta Delgada. 

Alex da Silva, nasceu em Angola, é filho de pais cabo-verdianos, cresceu em Cabo Verde e reside há muitos anos entre Roterdão e Mindelo. Actualmente, é um dos mais prestigiados artistas plásticos de Cabo Verde, e sua vida e obra dividem-se entre Cabo Verde e Holanda, país onde fez a sua licenciatura, na Academia de Artes e Arquitectura de Roterdão.

Alex da Silva tem participado ao longo dos seus 12 anos de carreira em varias exposições individuais e colectivas em países como Holanda, Portugal, França e Senegal.

A iniciativa é da responsabilidade da AIPA, em parceria com a Galeria Arco 8, e conta o apoio da Direcção Regional da Cultura, Direcção Regional das Comunidades e Câmara Municipal de Ponta Delgada.

Com esta exposição, a AIPA pretende contribuir para o reforço espaços para o conhecimento da dimensão cultural dos diferentes povos na Região e contribuir para a própria promoção do diálogo intercultural, assente, desta vez, no trabalho de um artista com um interessante e estimulante (de)encontro identitários.

Mais informações sobre o artista aqui

29.03.2011 | por samirapereira | alex da silva, artes plásticas, cabo verde | 0 comentários