Nuno Leão

Preferiria não enviar bio porque compreende, hoje como ontem, que a sua “essência” repousa na sua existência (Das Wesen des Daseins liegt in seiner Existenz), que a sua bios não é senão a sua zoe. O seu nome figura aqui, aparentemente, “na qualidade de” autor do texto que se apresenta. Mais recentemente, estudou o pensamento de Giorgio Agamben durante um mestrado na Faculdade de Letras. Para outro efeito qualquer, contactar para o telefone ou para o mail. Frequenta pouco as redes sociais.

Artigos do autor