América, de João Nuno Pinto

Portugal, início do novo milénio. Liza é uma jovem imigrante russa casada com um português, de quem tem um filho. Vítor, o marido, é na verdade um pequeno burlão que vive de esquemas e de enganar velhinhas. Mauro, o filho do casal, é uma estranha criança que por vontade própria decide deixar de falar. Além de todos os afazeres da casa, Liza tem ainda de cuidar da avó de Vítor, uma cadavérica e centenária senhora acamada que recusa os cuidados que ela lhe dedica. Aproveitando a enorme vaga de imigrantes ilegais que existe no país, Fernanda, a espanhola ex-mulher de Vítor, aparece propondo-lhe que iniciem um negócio de falsificação de passaportes. A partir desse momento, e para enorme desespero de Liza, a sua casa torna-se ponto de passagem para inúmeros imigrantes de várias raças e nacionalidades, cada um à procura de um futuro melhor. Com eles chega também Andrei, um jovem ortopedista ucraniano procurado pela máfia russa. Andrei acaba por se apaixonar por Liza que vê nele a oportunidade de sair dali para fora. Só que as coisas não são assim tão simples…

Nas salas de cinema a partir de 19 de Maio e estreia no Indie Lisboa!

11.04.2011 | par martalanca | América, co-produção, emigração, imigração clandestina

Conferência Filhos(as) da Emigração/Imigração Portuguesa

Conferência Filhos(as) da Emigração/Imigração Portuguesa
no Instituto Francês de Portugal (Av. Luís Bívar n. 91 – Lisboa)5ª feira ,dia 24 de fevereiro.ProgramaPrograma

19.02.2011 | par mariaprata | emigração, identidades culturais, imigração

ROTAS & RITUAIS - programa geral

 “Imigrantes, os Emigrantes que somos” é o tema da 3ª edição de ROTAS & RITUAIS, patente no Padrão dos Descobrimentos e no Cinema São Jorge de 15 a 30 de Novembro. ROTAS & RITUAIS traz a Lisboa uma reflexão sobre os movimentos migratórios globais e a diversidade cultural das sociedades contemporâneas através de várias manifestações artísticas.
Tatiana Macedo é a autora das duas exposições de fotografia do ROTAS & RITUAIS abertas ao público no Padrão dos Descobrimentos a partir de 15 de Novembro - Luso-Tropicália - e no Cinema São Jorge a partir de 16 de Novembro - Imigrantes, Emigrantes somos nós.
ROTAS & RITUAIS apresenta, no Cinema São Jorge, seis concertos de música pop contemporânea que testemunham a diversidade das origens e das influências musicais presentes no solo português. Couple Coffee, Sagas, Mister Lizard, Os Dias de Raiva, Boss AC e Cacique 97 sobem ao palco do Cinema São Jorge e vão aquecer as noites de inverno que se aproximam.
ROTAS & RITUAIS propõe, também no Cinema São Jorge, um ciclo de onze filmes que aborda o tema da migração sob várias perspectivas, no qual constam documentários e ficções nacionais e internacionais premiados como Bab Sebta, de Frederico Lobo e Pedro Pinho (1º Prémio de Longa-Metragem Portuguesa do DocLisboa 2008) e Swagatan, de Catarina Alves Costa (Prémio Planète no Bilan du Film Etnhographique, Paris, 1999).
O Cinema São Jorge acolhe ainda três conferências que vão colocar na mesa questões como a identidade e a integração das populações migrantes na sociedade portuguesa.
ROTAS & RITUAIS lança ainda um desafio aos mais pequenos (dos 6 aos 12 anos): o atelier Entre Fronteiras tem lugar de 17 a 21 de Novembro no Padrão dos Descobrimentos e convida a uma viagem ao mundo das viagens…

04.11.2010 | par martalanca | emigração, rotas

Los portugueses vuelven a Angola

La crisis económica convierte a la antigua colonia en el nuevo Eldorado

El fenómeno migratorio, un viejo conocido en Portugal (2,3 millones en todo el mundo), adquiere renovado protagonismo en tiempos de crisis. Pero la imagen de los portugueses que, maleta en mano, partían para trabajar en la construcción o en el servicio doméstico en Alemania, Francia, Reino Unido, Suiza o España, ha dado paso a la de profesionales jóvenes. Muchos son recién licenciados, que dirigen sus pasos hacia países como Angola, huérfanos de mano de obra cualificada. La fuga de cerebros portugueses es la más elevada de la OCDE, después de Irlanda, dice el economista Álvaro Santos Pereira, autor del estudio El regreso de la emigración portuguesa, donde revela que en la década 1998-2008 más de 700.000 portugueses se marcharon del país.

Continuez à lire "Los portugueses vuelven a Angola"

12.10.2010 | par martalanca | emigração, portugueses em Angola